close
Ser Pleno

Saúde mental – 3 maneiras para você cuidar da sua!

Se nos últimos anos cada vez mais falava-se sobre saúde mental, agora que estamos passando por um período de distanciamento social, este tema é ainda mais necessário e útil para todos.

Afinal, cuidar da saúde mental nunca pareceu ser tão importante! 

Tanto para as pessoas que podem ficar em casa e estão há mais de um mês isoladas, quanto para os profissionais que precisam ir às ruas para que as cidades e o país continue a funcionar. 

Enfim, cuidar dos pensamentos é uma necessidade real.

Por isso, selecionei 5 abordagens para te ajudar a cuidar da saúde mental neste período!

Boa leitura! 😉

Sua saúde Mental

A alimentação, os exercícios, o corpo, a pele, enfim, a saúde física em geral, é mais fácil de perceber e de cuidar. 

Afinal, de contas não tem como esconder, por exemplo, uma dor de dente por muito tempo, ou os sinais de obesidade e diabetes. São sinais perceptíveis!

Dicas para cuidar da sua saúde mental

No entanto, quando se trata de mente, é um universo muito mais profundo. Alcança as emoções, reações, atitudes e é mais difícil de ser entendida tanto pela pessoa que está sentindo, quanto para as familiares e amigos em volta.

A definição de saúde mental pelo Conselho de Saúde Mental é: “A saúde mental inclui nosso bem-estar emocional, psicológico e social. Afeta como pensamos, sentimos e agimos. Também ajuda a determinar como lidamos com o estresse, nos relacionamos com os outros e fazemos escolhas. A saúde mental é importante em todas as fases da vida, desde a infância e a adolescência até a idade adulta.” (1).

Ou seja, cuidar da mente é fundamental para praticamente tudo na vida. Afinal, nós somos ação e emoção e estas duas características estão diretamente ligadas à mente.

Manter a saúde da mente em bom estado é estar saudável.

Uma mente saudável nos ajuda a seguir caminhos que possibilitem a vida

Nossa mente é uma ferramenta criada por nós mesmos para nos ajudar a viver bem

Sendo assim, cabe a cada um de nós criar uma ferramenta compatível com o que realmente desejamos para então conquistar. No final das contas, ninguém está realmente pronto.

O tempo todo estamos expostos a situações e circunstâncias que precisam ser analisadas, digeridas e adaptada dentro do que acreditamos. Por isso, digo que se você está acima do peso não quer dizer que você “É GORDA”, você “ESTÁ GORDA”.

E existe uma diferença muito grande entre SER e ESTAR. E essa diferença precisa estar muito clara em sua mente, pois se você está acima do peso, então você pode estar com peso ideal.

Saber disso é um grande presente. Afinal, basta mudar a maneira como pensamos, para então mudar o modo de agir. 

Esteja atenta às suas emoções

Sabe quando você está exposto a uma situação difícil seja em casa, no trabalho, com um amigo, como você se sente?

Você sente seu corpo suar, ficar gelado, esquentar o rosto, sua mente fica a mil, sente dor no estômago, vontade de chorar, de correr ou de gritar…

Pensar sobre como seu corpo reage às circunstâncias de estresse, ansiedade, insegurança e medo é uma ótima maneira de conhecer mais sobre si e principalmente, aprender a lidar com isso.

Muitas vezes sentimos tudo isso, no entanto, não sabemos lidar com estas situações. Em uma das publicações de Harvard sobre a saúde do cérebro, cuidar das suas emoções, é um dos tópicos para se manter saudável (2).

Coloque atenção ao que você sente, e questione seus sentimentos e pensamentos. Por que estou desanimado e triste? Por que me sinto ansioso toda vez que preciso falar em público? 

Faça este exercício de se questionar o tempo todo. Só assim, você poderá tomar a decisão sobre como lidar com os pensamentos e suas emoções.

Conecte-se com pessoas

Um estudo muito antigo mostra que pessoas mais conectadas a outra pessoa ou um grupo de pessoas são mais felizes (3).

Obviamente isso não é motivo para você ir encontrar amigos, neste período de isolamento social. Estar conectado é manter contato, conversar através de mensagem, mas principalmente por ligação ou chamada de vídeo, se possível. Ver o outro, ouvir a voz são estímulos positivos para a mente.

Mas, seja criterioso e responsável consigo mesmo. Escolha as pessoas com quem você vai gastar seu tempo. 

Esteja em contato com “radiadores”, ou seja, pessoas entusiasmadas e positivas e evite o contato com pessoas pessimistas e negativas, afinal elas roubam sua energia.

Faça uma pausa mental

Do mesmo modo que sugeri prestar atenção às emoções, sugiro fazer isso com sua mente. Não entenda pausa mental como “não pensar em nada” é impossível não pensar, rs.

No entanto, você pode escolher em que penar. Principalmente em momentos quando  emoções estão negativas fazer essa pausa mental é determinante.

Quando você direciona seus pensamentos, naturalmente seu corpo relaxa e essa sensação de relaxamento vai te ajudar a sentir mais feliz.

Muitas pessoas entendem a pausa metal apenas como o momento da meditação. No entanto, você pode fazer isso também de outra maneiras, como por exemplo:

  • Respiração
  • Tempo na natureza
  • Caminhar, exercitar-se ou dançar
  • Praticando a atenção plena
  • Ouvindo música

O principal para conseguir os efeitos da pausa mental é concentrar no que está sendo feito, ouvido e sentido. Se você estiver ouvindo música, concentre-se na letra, nos instrumentos, na respiração do cantor… não fique pensando no trabalho que você tem que entregar.

Uma dica extra para manter a saúde mental em dia é tomar um chá morno praticando a atenção plena. Sinta a temperatura do chá, sinta ele passar pela língua, laringe, chegar ao estômago, sinta o vapor, o cheiro.

>> Confira este e-book com várias receitas de chás termogênicos! Enquanto você cuida da sua mente você estará estimulando seu organismo a liberar a gordura extra.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alegriaalimentaçãoansiedadedepressãodestaquedr. juliano pimentelenergiaestressemeditaçãomentemente e corposaudávelsaúdesaúde mentalsistema imunológicovida

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta