close
Ser Pleno

Saúde mental – Seus hábitos influenciam a saúde da sua mente

Cada vez mais se fala sobre saúde mental e isso é ótimo!

Afinal, há alguns anos quando falava-se sobre saúde, era entendido apenas a saúde do corpo, o peso, e os problemas relacionados a ele.

Hoje porém, sabemos que nossa saúde é o resultado do equilíbrio entre corpo, mente e espírito.

Por isso, cada vez mais falo sobre a importância de fazer uma desintoxicação. Mas é um detox de verdade.

Banir da sua vida comidas que fazem mal, hábitos negativos, objetos sem uso, e adotar novas práticas que podem te engrandecer e te fazer uma pessoa mais completa e feliz consigo mesma!

E afinal, o que eu como reflete em minha saúde mental?

É claro que sim!

Segundo a Organização Mundial de Saúde não existe uma definição clara sobre o que é saúde mental, isso porque, os valores, as religiões e as diferentes culturas interferem um pouco sobre uma definição única.

No entanto, existem alguns pré requezitos que são considerados indispensáveis para uma boa saúde mental. São eles:

1. Atitudes positivas em relação a si próprio
2. Crescimento, desenvolvimento e auto-realização
3. Integração e resposta emocional
4. Autonomia e autodeterminação
5. Percepção apurada da realidade
6. Domínio ambiental e competência social;

E você deve estar se perguntando, poxa Doutor e o que isso tem a ver com o que eu como?

Gente, para ter atitudes positivas, desenvolvimento, autodeterminação e todos os outros quesitos é preciso ter ânimo, motivação. É preciso ter energia!

E uma das maneiras de conseguir energia e ânimo  para manter os critérios da saúde mental é através da alimentação.

O que comer para ter energia e manter a Saúde Mental?

Agora que você já entendeu que é preciso manter a energia lá em cima para conseguir o equilíbrio e manter a saúde mental, vamos à prática.

Antes de continuar a leitura, assista este vídeo em que falei sobre os alimentos para aumentar sua energia.

Além desses alimentos que citei no vídeo, existem outras maneiras de manter a energia no dia a dia. Confira!

Mantenha o sono em dia

Muitas pessoas negligenciam o sono, mas ter uma noite bem dormida e é essencial para manter a saúde mental e corporal.

Cerca de 20 a 30% da população em geral tem uma péssima qualidade de sono e como consequência, mantem o potencial de energia reduzido ao longo do dia (12).

Já parou para pensar que você poderia estar fazendo muito mais no seu dia, se estivesse dormindo com qualidade?

Pois é, essa falta de sono pode resultar em você se sentir letárgico, mal-humorado e cansado. Se você costuma se sentir assim, considere se está dormindo o suficiente (34 ).

O recomendado é que você durma cerca de 7 horas por noite, porém isso não é válido para todos. Eu por exemplo, não preciso das sete horas, eu consigo manter meu nível de energia alto dormindo menos.

Se você tem dificuldade para dormir, comece deixando o celular em outro cômodo da casa. Tome um banho quete mais demorado, baixe as luzes, leia um livro e tente ir para cama meia hora mais cedo que o habitual.

Seu estresse está mantendo sua energia baixa

Se você é dessas pessoas que já acordam estressadas pensando sobre o que tem que ser feito e reclamando do que foi feito, pare com isso!

Por dois motivos:

1 – O estresse atinge áreas do seu cérebro que estão ligadas a memória, por isso, quanto mais estresse menor a capacidade de atenção e raciocínio.

2 – O sentimento de estresse está intimamente ligado ao cansaço (56).

Como você pode manter seu nível de energia em equilíbrio se seu estresse está prejudicando sua memória e está te deixando cansada?

Impossível!

Eu sei que em muitos casos, pode não ser possível remover completamente as fontes de estresse da sua vida. Porém, como eu disse no inicio saúde mental é sobre equilíbrio.

Então, procure alternativas para manter-se em equilíbrio e amenizar o estresse. As estratégias para melhorar seus níveis de energia incluem reservar algum tempo para relaxar, ler ou dar um passeio (7).

Você também pode tentar técnicas de atenção ou meditação, que podem reduzir a ansiedade (89).

No entanto, é importante observar que, se você se sentir muito estressado e sua ansiedade for intensa, pode ser necessário procurar apoio médico e psicológico (10).

Movimente-se

As vezes me sinto até repetitivo, mas gente, o exercício regular é fundamental para reduzir o risco de desenvolver doenças crônicas como doenças cardíacas, diabetes e obesidade.

Então, se você vive um estilo de vida sedentário, isso também pode aumentar seus níveis de energia (11 12).

E você pode pensar, “eu estou cansada, não tenho ânimo para me exercitar e seu eu for, vou me sentir ainda mais cansada”, mas acredite, quando você se movimento, mesmo quando está se sentindo cansado, sua energia aumenta.

Não estou dizendo que é preciso fazer exercícios exaustivos, com uma caminhada você já se sentirá melhor.

Para se ter ideia, um estudo descobriu que pessoas sedentárias com fadiga persistente e inexplicável diminuíram o cansaço em cerca de 65% apenas participando regularmente do ciclismo de baixa intensidade (13).

Outros estudos sugeriram que fazer uma caminhada de 10 minutos quando você se sentir cansado é um “estímulo” superior em comparação com um lanche (14).

Se sua rotina for muito corrida, use 10 ou 15 minutos do seu horário de almoço para fazer caminhada.

Sua alimentação está relacionada a sua saúde mental

Quando o nível de energia baixa, o pensamento é que um docinho será a melhor opção para ficar mais animado.

Porém, esse é um grande engano, pois o açúcar proporciona um aumento de energia a curto prazo, ou seja, ele se desgastará rapidamente (15).

Isso acontece porque os alimentos com alto teor de açúcar fazem com que o açúcar no sangue aumente rapidamente, às vezes chamado de pico de açúcar no sangue. Isso resulta em seu corpo liberando grandes quantidades de insulina para diminuir o açúcar no sangue.

O aumento e queda no açúcar no sangue causa uma corrida de energia seguida por uma queda (161718).

Por isso o ideal é que se tenha uma dieta nutritiva.

Afinal, bons hábitos alimentares diminuem o risco de desenvolver doenças crônicas e também podem afetar seus níveis de energia e como você se sente no dia a dia (192021).

Seu corpo precisa de combustível para continuar. A escolha de alimentos integrais e nutritivos na maioria das vezes fornecerá ao corpo os nutrientes necessários para que funcione da melhor forma possível (22).

Se você estiver ingerindo muitos alimentos processados ​​ricos em açúcar e gordura, poderá descobrir que eles afetam seus níveis de energia e sua saúde (2324).

Por fim, mas não menos importante, beba água!

A quantidade de água que você bebe está relacionada a sua saúde emocional

Dependendo da idade, seu corpo é composto de 55 a 75% de água (25).

Durante o dia, você perde água através da urina e do suor. Portanto, para se manter hidratado, você precisa beber água suficiente para compensar essa perda.

A desidratação pode afetar a função cerebral, o humor e os níveis de energia (26).

Para se manter hidratado, beba quando estiver com sede. Além disso, se você suar muito devido ao clima quente ou muito ativo, será necessário beber mais água.

Se você se sentir cansado e achar que não bebe água suficiente, tente beber regularmente durante o dia para garantir que se mantenha hidratado.

E se você quer seguir a minha dica número 1 de fazer o detox, clique na imagem abaixo!

Eliminar o que não te acrescenta e  inserir o que te faz bem é o passo número um para manter o equilíbrio e a saúde mental.

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

 

 

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentaçãoansiedadebeneficiar a saúdecorpo e mentedepressãodr. juliano pimentelemagrecimentoestressefibrasinflamaçãomentemetabolismosaúdesaúde da mentesaúde emocionalsaúde mental

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta