https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
AlimentaçãoArtigosMetabolismo

Desnutrição não é só sobre magreza. Acontece em pessoas acima do peso

Se você acredita que a desnutrição acontece apenas em pessoas magras e fracas, está muito enganado. 

A associação mais óbvia sobre desnutrição se refere ao pouco peso, pobreza e fome. 

O mais importante, porém, é entender que a desnutrição é sobre a falta de nutrientes no organismo.

Ou seja, mesmo as pessoas que têm acesso a alimentação e estão acima do peso, podem estar desnutridas. 

Magreza não quer dizer desnutrição, do mesmo jeito que excesso de peso não significa nutrição. 

O que é a desnutrição

Barriga grande com desnutrição
A desnutrição acontece em pessoas acima do peso.

De acordo com a OMS “A desnutrição refere-se a deficiências, excessos ou desequilíbrios na ingestão de energia e / ou nutrientes de uma pessoa” (1).

Isso significa que quando o corpo não recebe comida suficiente, pode causar crescimento retardado, baixo peso ou perda de peso. 

Por outro lado, se uma pessoa não consegue o equilíbrio correto de nutrientes, ela pode estar desnutrida. Esse é o principal motivo que pode fazer com que pessoas obesas tenham desnutrição.

Neste artigo vamos abordar a desnutrição que ocorre pelo desequilíbrio do organismo. Ou seja, pessoas que têm acesso à alimentação, mas ainda assim não são nutridas como deveriam.

Os nutrientes são o combustível do corpo

Infelizmente nós pensamos na comida como uma maneira de socializar e satisfazer prazeres. Afinal, é prazeroso comer aquele biscoito recheado em casa. É satisfatório comer fritura junto com cerveja para socializar com amigos.

No entanto, a comida precisa ser vista como o combustível do corpo. Afinal, a gente precisa se alimentar justamente por esse motivo. Assumir a responsabilidade pela sua vida, entre outros fatores, significa também considerar o que comer e qual o padrão nutricional a seguir (2). 

Todo alimento possui uma densidade nutricional. A densidade de nutrientes é a relação entre o conteúdo de nutrientes e o conteúdo de energia total do alimento. Ou seja, quanto de energia esse alimento consegue fornecer ao seu corpo.

A densidade nutricional dos alimentos é medida em peso, considerando 1000 calorias. Tendo como base cada nutriente presente no alimento.

Para se ter ideia, a densidade do nutriente do ferro nos ovos é de 13,6  mg / 1000 cal. A carne vermelha possui 19,4 mg / 1000 cal e o espinafre contém cerca de 150 mg /1000 cal.

em espinafre (3). 

O ferro é um elemento essencial para a produção de sangue. Cerca de 70 por cento do ferro do seu corpo é encontrado nas células vermelhas do sangue.

O principal problema da deficiência de ferro é a anemia. Pois, causa fraqueza, problemas cardíacos, úlcera, hérnia de hiato, câncer, entre outros problemas.

Ou seja, não obter ferro suficiente na sua alimentação causa problemas reais. 

Refeição X nutrição

Alimentação baseada em farinhas causa desnutrição.

Já deu para perceber que existe uma grande diferença entre comer e nutrir. Se você tem uma alimentação baseada em pães, massas e biscoitos, por exemplo, é bem possível que você esteja desnutrido. E isso independe do seu peso. 

  • O café da manhã com um pão integral fornece 4,70 g de proteínas, 24,95 g de carboidratos e 253,00 mg de sódio (4).
  • O café da manhã com um ovo cozido fornece 5,85 g de proteínas, 0,72 g de carboidratos e 75,60 mg de sódio (5). 

Geralmente você come o pão com algo mais que não é saudável e provavelmente deve oferecer mais sódio para seu organismo. E depois de duas horas você sentirá fome novamente.

Por outro lado, a pessoa que come ovo pela manhã, consome mais de um. Ou seja, a quantidade de proteínas é ainda maior e a quantidade de carboidrato e sódio continuam inferiores a do pão.

Eu entendo que se acostumou ao sabor do pão com mortadela e o que ele representa emocionalmente pra você. Mas, vamos combinar que você não pode acreditar que está bem nutrido ao fazer essa refeição.

Ter essa clareza sobre o que é nutriente para seu organismo e o que é para satisfazer seus desejos é muito importante. 

O que causa desnutrição?

Dois principais motivos causam desnutrição:

1 – Você se alimenta, porém, não se nutre. Ou seja, não ingere alimentos ricos em nutrientes necessários para geração de energia e funcionamento correto do organismo.

2 – Seu corpo não absorve nutrientes de forma eficiente, mesmo uma dieta saudável pode não prevenir a desnutrição. Isso geralmente acontece por algum problema que precisa ser resolvido. 

  • doenças de longo prazo que causam perda de apetite, mal-estar, vômitos ou alterações no hábito intestinal como  diarreia. Além de câncer,  doença hepática e algumas doenças pulmonares como doença pulmonar obstrutiva crônica (6).
  • condições de saúde mental, como  depressão ou esquizofrenia podem afetar seu humor e vontade de comer (7). Já a demência que pode fazer com que uma pessoa esqueça de comer.
  • condições que afetam sua capacidade de digerir alimentos ou absorver nutrientes, como  doença de Crohn, colite ulcerativa ou doença celíaca, por exemplo (8). 

Você também pode ficar desnutrido se seu corpo precisar de uma quantidade maior de energia. Se estiver se curando após uma cirurgia ou de uma lesão grave, como uma queimadura, ou se tiver movimentos involuntários, como um tremor, por exemplo.

Por fim, alguns medicamentos aumentam o risco de desenvolver desnutrição. Principalmente os medicamentos com efeitos colaterais desagradáveis, como perda de apetite ou diarreia, por exemplo. Pois, você come menos e não absorve tantos nutrientes dos alimentos.

Alimentos pobres em nutrientes

Alimentos pobres em nutrientes geralmente têm um alto número de calorias por peso. No entanto,  não oferecem muito em termos de vitaminas, minerais, fibras, proteínas ou gorduras saudáveis.

Ou seja, são ricos em outros ingredientes indesejáveis, como açúcar, xarope de milho com alto teor de frutose e gorduras trans.

  • Alimentos pobres em nutrientes e ricos em açúcar incluem refrigerantes, sucos de frutas, assados, alimentos processados ​​e sorvetes. 
  • Alimentos pobres em nutrientes e ricos em carboidratos ruins e gorduras trans incluem biscoitos, bolo, batatas fritas, pizza e cachorro-quente. 
  • Por último, os alimentos pobres em nutrientes e ricos em álcool incluem cerveja e bebidas mistas feitas com xaropes açucarados e refrigerantes, por exemplo.

Como evitar a desnutrição

Existe uma maneira de garantir que você está recebendo todos os nutrientes que precisa todos os dias. É preciso comer uma grande variedade de alimentos ricos em nutrientes.

Alguns exemplos dos alimentos mais densos em nutrientes são: carnes de porco, couve, espinafre, brócolis, couve-flor, alface, ora-pro-nóbis. Além desses aposte no salmão selvagem, sardinha, carne de boi, ovos, coco, abacate, feijão, sementes de girassol, linhaça, nozes, amêndoas, por exemplo.

Em vez de comer frango e brócolis todos os dias, alterne o frango com salmão ou sardinha. Todos os dias, experimente um novo vegetal, como couve, acelga ou folhas de beterraba, por exemplo. 

Além disso, inclua fontes de gorduras saudáveis no café da manhã. Como por exemplo coco, abacate ou até mesmo ovo com bacon.

Por fim, fique longe de, ou pelo menos limite, alimentos com calorias vazias. Embora seja altamente improvável que você nunca mais coma calorias vazias de novo, elas devem ser consideradas uma guloseima e não devem constituir uma porcentagem significativa de sua dieta.

Antes de ir, confira essa lista de alimentos que vão te dar energia ao longo do dia!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : acima do pesodesnutriçãodesnutridodr. juliano pimentelexcesso de peso

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta

7 saúdes com Dr. Juliano Pimentel