https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
Artigos

Detox não é dieta! É fundamental para sua saúde.

É muito comum as pessoas enxergarem o detox como uma “dieta da moda”. Mas, a verdade é que detox não é dieta.

O grande problema desse pensamento é ter a expectativa de emagrecimento rápido, como um passe  de mágica. E definitivamente não é isso.

A perda de peso durante o detox é uma consequência da diminuição da inflamação do seu corpo. Afinal, durante o Detox você está comendo menos ou apenas bebendo sucos ou chás, faz sentido que, no início de uma ‘desintoxicação’, você tenha uma diminuição de peso. 

É isso que você aprenderá neste material.

Mas antes, quero te convidar para se juntar a mais 26 mil pessoas no meu grupo no telegram, para receber informações e dicas diárias de saúde. 

Participe!

Detox não é dieta!

Detox não é dieta. Imagem: (Divulgação)

Estamos muito expostos a toxinas e substâncias nocivas ao corpo que atrapalham o funcionamento e criação dos hormônios, por exemplo.

O cloro da água, os agrotóxicos na terra, as toxinas no ar e por aí vai. A detoxificação é uma solução para eliminar do corpo o máximo de substâncias tóxicas que causam inflamação e prejudicam a saúde.

Uma das maiores vantagens do detox é realmente a diminuição da inflamação e aumento de energia. 

Ao desintoxicar, você está interrompendo o fluxo de coisas que fizeram com que seu corpo precisasse de uma desintoxicação. 

Ao cortar o açúcar, a cafeína, a gordura trans, a gordura saturada e substituí-los por frutas e vegetais frescos, você obterá um aumento de energia natural, que vem sem uma queda resultante. 

Por isso, é tão importante estar bem hidratado durante qualquer programa de desintoxicação, e isso também pode ser uma fonte de aumento de energia se você normalmente não ingerir água suficiente ao longo do dia.

Além disso, outra vantagem é que durante o detox seu corpo queima o último estoque de glicogênio nos músculos, que são armazenados no corpo ligados às moléculas de água.

Principais objetivos do Detox

Dentre os principais objetivos do detox estão:

  • Melhora do sistema digestivo
  • Diminuição  da retenção de líquido
  • Mais energia e ânimo
  • Melhor  funcionamento do intestino

Detox não é dieta, e não vai te deixar magra. Afinal, o que mantém uma pessoa em seu peso ideal são hábitos saudáveis diariamente. E o detox não pode ser feito constantemente, afinal, pode causar perda de massa muscular que desacelera sua taxa metabólica.

Por isso, o detox deve ser feito sempre seguindo um cronograma confiável e seguro. Geralmente um programa de detox dura no máximo 7 dias. 

E sinceramente 4 semanas não deixa ninguém magro pra sempre. De maneira geral o detox serve como um start para uma mudança de hábitos. Se seu objetivo é emagrecer, mas principalmente, melhorar seus hábitos, faça o detox.

Ele é um impulsionador que vai te ajudar a ter melhores resultados neste processo. Mas, obviamente, seus resultados dependem de seus hábitos. 

Detox não é suco verde

Detox não é dieta
Detox não é dieta nem suco verde.

Assim como detox não é dieta, ele também não se resume apenas a suco verde.

Detox é uma palavra que infelizmente já está banalizada. E o real sentido do detox se perdeu.

Tem gente que acredita que detox é tomar suco verde de manhã, ou que sachê com pó diurético é detox. Tem ainda os que acreditam que a dieta da sopa é detox. 

Não é!

Detox também não é a substituição da função do seu fígado. Nosso fígado tem várias funções, dentre elas a desintoxicação de produtos químicos e metabolização de medicação.

E por ele ser tão poderoso, alguns profissionais são contra o detox, porque levantam a bandeira de que o fígado não precisa de ajuda!

E realmente o fígado é capaz de cumprir todas as funções, no entanto, o detox não é sobre o fígado.

O programa de desintoxicação beneficia sim o fígado e todos os órgãos do organismo. Isso porque o detox rompe com o ciclo alimentar pró inflamatório. Esse respiro de toxinas e inflamação que o detox proporciona para o organismo beneficia do cérebro ao intestino, do coração às dores nas articulações.

Por isso, não adianta tomar suco verde de manhã e cereja a noite. 

O detox é um processo de pausa da inflamação. É como um reset no seu organismo. 

Detox não é dieta e não serve para compensar

Detox não é dieta e também não serve como recompensa. No imaginário popular o detox deve ser feito depois de um final de semana que você se esbaldou na cerveja, alimentos gordurosos, industrializados e açucarados. 

Comi muita besteira, vou recompensar com o detox. Não é assim, lembra, detox não é dieta.

O detox não é uma alternativa para compensar o corpo depois de muitos erros, o detox serve para melhorar seu metabolismo, seus órgãos, sua energia e a seus hábitos.

Por isso, inclusive, o detox não deve ser feito com frequência, nem durar muitos dias. 7 dias é o máximo de tempo indicado e a repetição deve ser de 3 a 6 meses.

E existe um porquê do detox ter tempo e períodos limitados.

Com o detox não se perde gordura, mas sim toxinas e inflamações que prejudicam o funcionamento do corpo.

Durante esses dias, a ingesta calórica é muito baixa. Se você insiste em ficar assim por um longo período você acaba perdendo músculo.

O detox é pontual e deve seguir um cronograma eficiente e seguro.

As toxinas que mexem diretamente no cérebro causam dependência e diminuem os hormônios do prazer, aumentam significativamente o número de doenças como obesidade, ansiedade, depressão, doenças crônicas, dependência… Entre tantas outras

Eu, Dr. Juliano estou aqui para ajudar você. Vamos superar isso juntos. Eu vou ajudá-la a ficar saudável de uma vez por todas com o detox 7 dias.

Abraços e fique com Deus. 

Dr. Juliano Pimentel 

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : comidas detoxdetoxdetox não é dieta

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta