close
ArtigosDores

Hemorroidas: Causas, Sintomas e Tratamentos

Dr Juliano Pimentel

Você sabia que milhões de pessoas sofrem com as hemorroidas e isso é muito comum? Caracterizada como uma condição anorretal que pode causar muita dor e desconforto. 

Mais da metade de todas as pessoas em algum momento de suas vidas vão desenvolver hemorroidas sintomáticas.

img-org-site-diego

Uma dieta rica em fibras e outros tratamentos naturais pode melhorar os sintomas dela (1).

Mas você sabe como isso se desenvolve e quando deve procurar um médico? Estas são preocupações comuns entre as pessoas que não sabem como lidar com esse problema, e como tratar as dores.

img-org-site-glcdiego

Neste artigo, eu irei falar sobre as causas, sintomas e tratamentos para as hemorroidas.

Não deixe de ler e compartilhar.

Hemorroidas

Ninguém é imune às hemorroidas.

A região final do intestino é composta pelo reto, pelo canal anal e pelo ânus.

Como em qualquer outra parte do nosso corpo, esta região final do trato digestivo é vascularizada por artérias e veias, que recebem o nome de artérias e veias hemorroidárias, respectivamente.

img-org-site-diego

Hemorroidas é o nome dado a este conjunto de vasos que fica na região do canal anal. O que é popularmente conhecido como hemorroida é, na verdade, chamado em medicina de doença hemorroidária.

A maioria das nossas veias contêm válvulas que ajudam o sangue a seguir sempre em uma mesma direção, impedindo seu retorno, mesmo quando contra a gravidade.

Por exemplo, o sangue nas veias da perna corre sempre contra a gravidade.  Graças às válvulas, ele consegue subir sem ficar represado nas pernas.

Quando as veias ficam doentes e as suas válvulas param de funcionar, surgem as varizes, veias tortuosas onde o sangue fica congestionado.

img-org-site-glcdiego

Ao contrário das veias do resto do corpo, as veias hemorroidárias não possuem válvulas para impedir o represamento de sangue. Elas são como varizes das veias hemorroidárias.

Assim como em qualquer variz, o sangue represado aumenta o risco de trombose e inflamação das veias.

Portanto, hemorroidas (ou doença hemorroidária) são dilatações das veias do reto e ânus, que podem vir acompanhadas de inflamação, trombose ou sangramento. Cerca de 5% da população sofre de hemorroidas (2).

img-org-site-diego

O problema é classificado por grau:

>> Grau 1: Hemorroidas que não podem ser vistas por fora do ânus.

>> Grau 2: hemorroidas maiores que podem vir para fora do ânus, às vezes ao passar as fezes, mas depois voltam para dentro por conta própria.

>> Grau 3: Hemorroidas que saem do ânus ao passar fezes ou com a prática de atividade física e não retornam por conta própria.

>> Grau 4: Hemorroidas que estão sempre fora do ânus, e não podem mais ser empurradas para dentro. Um pouco do forro anal também pode sair do ânus, que é conhecido como prolapso retal.

img-org-site-glcdiego

Sintomas

O sintoma mais comum de hemorroidas é o sangramento anal.

No entanto, outros sintomas de hemorroidas incluem:

  •         Irritação e coceira ao redor do ânus;
  •         Vazamento fecal;
  •         Nódulos sensíveis no ânus;
  •         Evacuações dolorosas;
  •         Deslocamento da pele durante os movimentos do intestino;
  •         Sangue após a evacuação.

img-org-site-diegoEmbora as pessoas pensem que qualquer dor anal durante o uso do banheiro é causado pelas hemorroidas; há uma série de outros transtornos anorretal que podem causar sintomas, incluindo doenças dermatológicas, fissura, doenças sexualmente transmissíveis, verrugas, HIV, infecções e úlceras inflamatórias.

Estas condições devem ser descartadas pelo seu médico, que irá indicar o melhor tratamento.

Causas

Pesquisas sugerem que elas se desenvolvem quando os tecidos de apoio das almofadas anais se desintegram, ou se deterioram. Existem alguns fatores que contribuem para hemorroidas, incluindo:

  •         Estar acima do peso;
  •         Levantar regularmente objetos pesados;
  •         Envelhecimento;
  •         Gravidez e parto;
  •         Hereditariedade;
  •         Constipação ou diarreia crônica;
  •         Função intestinal defeituosa devido ao uso excessivo de laxantes ou enemas;
  •         Fazer esforço excessivo para evacuar.

img-org-site-glcdiegoO aumento na pressão intra-abdominal durante a gravidez ou causado pela constipação e passar muito tempo fazendo força para evacuar as fezes, são fatores que contribuem para o desenvolvimento da hemorroida.

O enfraquecimento do tecido de suporte como resultado do envelhecimento e da genética também são causas do problema.

Muitos fatores dietéticos, incluindo uma dieta pobre em fibra, rica em alimentos picantes e ingestão de álcool, são possíveis causas de hemorroida (3).

img-org-site-diego

Tratamento 

Dependendo da gravidade dos seus sintomas, há uma série de exames que seu médico pode solicitar, a fim de fazer um diagnóstico.

Normalmente a hemorroida pode ser tratada apenas com alguns cuidados simples como beber água, manter uma alimentação rica em fibras ou evitar fazer atividades físicas; que fazem com que a hemorroida geralmente volte ao estado normal em poucos dias (4).

Porém, quando a hemorroida não desaparece ou volta a aparecer, pode ser necessário outro tipo de tratamento orientado pelo proctologista, que geralmente envolve o uso de remédios analgésicos e anti-inflamatórios, ou em alguns casos a cirurgia (5, 6)

img-org-site-glcdiego

Tratamentos Naturais 

Alguns tratamentos naturais podem ajudar a tratar os sintomas da doença.

1-Coma alimentos ricos em fibras

Para se livrar das hemorroidas é importante evitar a constipação; opte pelos alimentos ricos em fibras.

Coma alimentos como abacate, couve, nozes, brócolis, lentilha, maçã, batata doce, entre outros. Estudos clínicos afirmam que dietas ricas em fibras, podem ajudar a reduzir o risco de sintomas persistentes e hemorragias em aproximadamente 50% (7).

img-org-site-diego

2-Beba muita água

A desidratação pode levar à constipação porque a água ou os líquidos são requeridos para que a fibra viaje suavemente através do seu trato digestivo.

Muitos estudos apontam que a perda de fluidos e restrição de líquidos pode aumentar a constipação, o que pode piorar os sintomas de hemorroidas (8).

img-org-site-glcdiego

3-Coma alimentos fermentados

Alimentos fermentados como kefir e os seus derivados, podem ajudar a fornecer bactérias saudáveis para o sistema digestivo.

Vários estudos têm mostrado que os alimentos fermentados e probióticos melhoram a saúde do trato intestinal, aumentam a biodisponibilidade de nutrientes, modificam o pH do intestino e ajudam a digestão. (9)

img-org-site-diego

4-Diminua a ingestão de álcool e alimentos picantes

O álcool pode ser desidratante e prejudicial para o sistema digestivo, piorando os sintomas das hemorroidas. Alimentos picantes também podem intensificar os sintomas do problema.

Alguns estudos mostram que o consumo de álcool e alimentos picantes servem como fatores de risco para hemorroidas (10).

img-org-site-glcdiego

Precauções 

As hemorroidas e o câncer colorretal causam sintomas semelhantes. Por isso, é fundamental mencionar sua hemorroida para o seu médico.

Mesmo quando uma hemorroida é curada completamente, uma colonoscopia pode ser feita para descartar outras causas de sangramento retal (11).

Hemorroidas são uma condição anorretal muito comum que afeta milhões de pessoas ao redor do mundo.

img-org-site-diego

Evitar a constipação é fundamental quando se tenta se livrar de hemorroidas.

Manter uma dieta rica em fibras e beber bastante líquido, são as mudanças dietéticas mais úteis que você pode fazer para ajudar a tratar as hemorroidas.

img-org-site-glcdiego

É importante também procurar orientação médica.

E como você pode perceber, a alimentação adequada faz muita diferença, até mesmo para evitar o surgimento dessa doença.

E para ajudar você que se preocupa com uma alimentação saudável, low carb, e que ajude a cuidar da saúde intestinal, eu convido você a adquirir o e-book da minha esposa, Carol Pimentel.

O livro digital contém mais de 70 receitas deliciosas e low carb, desenvolvido para quem deseja ter uma alimentação extremamente saudável focada em eliminar o sobrepeso, evitar problemas de saúde e reverter os danos causados pela má alimentação passada.

Neste livro você vai aprender as melhores receitas de doces e salgados, sem medo de engordar.

Receitas simples e fáceis de preparar, e o melhor de tudo: Super acessíveis!

Clique na imagem abaixo e adquira agora o seu livro digital.

GOSTOSURAS LOW CARB

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : Alimentos fermentadoscâncer colorretalcondição anorretalconstipaçãodestaquedieta rica em fibrasdoença hemorroidáriadr. juliano pimentele-bookEvacuações dolorosasgravidezhemorroidashemorroidas sintomáticasprobióticossangramento analsangramento retalsaúdesintomas de hemorroidassistema digestivotratamentos naturais

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta