close
AlimentaçãoArtigosDores

Refluxo Ácido: Super alimentos que Ajudam a Controlar

Aproximadamente 60 milhões de adultos são afetados pelo refluxo ácido ou azia, com cerca de 25 milhões vivendo com os sintomas diariamente.

Infelizmente, a prevalência desse problema na população ainda está aumentando (1).

O aumento gradual de pessoas que sofrem de refluxo ácido pode ser atribuído a vários fatores. Em um estudo de 2011, foi determinado que os casos da doença dobraram nos últimos 10 anos (2).

Pesquisadores apontam que esse aumento é paralelo ao número de pessoas obesas e com sobrepeso.

Neste artigo você encontra as causas da doença, e conhece quais são os super alimentos para controlar o refluxo ácido, que você pode empregar para controlar ou eliminar completamente os sintomas.

Não deixe de ler e compartilhar!

Refluxo Ácido e as Causas

O nome mais comum para refluxo ácido é azia, uma condição na qual os sucos digestivos entram no esôfago, o que pode resultar em uma sensação de queimação.

Alguns dos outros sintomas comuns do refluxo ácido incluem dores no peito e problemas para digerir certos alimentos.

Não existe uma causa específica para a doença, mas pode ser desencadeada por vários fatores externos e internos.

O refluxo ácido pode causar uma variedade de complicações, incluindo dor, irritação, inchaço ou perda de apetite.

Existem vários gatilhos que podem causar essa condição e influenciar na gravidade.

Aliviar com sucesso os sintomas do refluxo ácido dependente da sua capacidade de determinar os desencadeantes, e limitar sua exposição a eles.

Quais são os gatilhos conhecidos do refluxo ácido?

Os gatilhos podem estar relacionados ao aumento do ácido estomacal ou a pressão no estômago.

Se você já teve o desconforto do refluxo ácido, aqui estão alguns dos hábitos que você deve eliminar da sua vida:

1- Cigarro

O alto teor de nicotina no tabaco pode causar o relaxamento do esfíncter esofágico inferior (LES). Isso permite que o ácido do estômago e a comida não digerida subam até o esôfago (4).

2-Beber álcool

O álcool aumenta a produção de ácido gástrico e torna o esôfago mais propenso à irritação. Além disso, o álcool pode causar relaxamento do LES, facilitando o retorno do ácido gástrico (5).

3-Anti-inflamatórios não esteróides (AINEs)

Embora os AINEs possam proporcionar alívio temporário da dor, eles contêm componentes diferentes que podem causar relaxamento do LES, causando refluxo ácido (6).

Super Alimentos

Os super alimentos para quem sofre com o refluxo ácido é projetada ajudar a melhorar a saúde digestiva, eliminar os sintomas, e impulsiona seu sistema imune (7).

A quantidade de ácido que seu estômago produz depende em grande parte dos alimentos que você ingere, de modo que moldar sua dieta para evitar alimentos que produzem excesso de ácido é essencial.

Esta dieta pode reconfigurar seu estômago e também estabelecer hábitos alimentares saudáveis, o que evitará esses sintomas no futuro (8).

Incorpore esses alimentos em sua dieta:

1. Legumes

Os vegetais são naturalmente pobres em gordura e açúcar e ajudam a reduzir o ácido estomacal. Boas opções incluem brócolis, aspargos, couve-flor, folhas verdes e pepino.

2. Gengibre

O gengibre tem propriedades anti-inflamatórias naturais e é um tratamento natural para a azia e outros problemas gastrointestinais.

Você pode adicionar raiz de gengibre ralado ou fatiado a receitas ou smoothies ou beber chá de gengibre para aliviar os sintomas.

3. Frutas não cítricas

Frutas não-cítricas, incluindo melões, bananas, maçãs e peras, são menos propensas a desencadear sintomas de refluxo do que frutas ácidas.

4. Carnes magras

Carnes magras, como frango, peru, peixe e frutos do mar, são pobres em gordura e reduzem os sintomas do refluxo ácido. Experimente-os grelhados, grelhados, cozidos ou escalfados.

5. Clara de ovo

Claras de ovos são uma boa opção. Fique longe de gemas, que são ricas em gordura e podem desencadear sintomas de refluxo.

6. Gorduras Saudáveis

Fontes de gorduras saudáveis ​​incluem abacates, nozes, sementes de linhaça, azeite, óleo de coco e óleo de gergelim. 

Alimentos para evitar

Além de consumir alimentos para gerenciar os sintomas do refluxo, você pode também evitar àqueles que propiciam o refluxo ácido.

Alimentos fritos e gordurosos podem causar relaxamento do LES, permitindo que mais ácido gástrico volte para o esôfago. Estes alimentos também atrasam o esvaziamento do estômago.

Além de alimentos gordurosos deve-se evitar frutas altamente ácidas, alimentos que contém um ingrediente chamado metilxantina, como o chocolate, pois ele relaxa o músculo liso no LES e aumenta o refluxo.

Evite estes alimentos ou coma com moderação

  • batatas fritas e anéis de cebola
  • laticínios integrais, como manteiga, leite integral, queijo comum e creme azedo
  • cortes gordurosos ou fritos de carne, porco ou cordeiro
  • gordura de bacon, gordura de presunto e banha
  • sobremesas ou lanches como sorvete e batata frita
  • molhos de creme, molhos e molhos de salada cremosos
  • alimentos oleosos e gordurosos
  • chocolate
  • alho, cebola e condimentos
  • tomates e citrinos
  • Laranjas
  • limão
  • abacaxi
  • tomates e molhos
  • salsa
  • cafeína
  • hortelã

O refluxo ácido pode parecer uma condição comum, uma vez que não causa muita debilidade além da azia e náusea, mas ainda pode levar a doenças graves se não for diagnosticada ou tratada.

A constante barragem de ácido gástrico que sobe pelo esôfago pode causar sérios danos ao esôfago, já que seu revestimento é mais fino e mais delicado do que o revestimento do estômago (9).

Por isso, o mais indicado é evitar o refluxo.

E para ajudar você que se preocupa com uma alimentação saudável e que ajuda a cuidar da saúde eu convido a adquirir o e-book da minha esposa, Carol Pimentel.

O livro digital contém mais de 70 receitas deliciosas e low carb, desenvolvido para quem deseja ter uma alimentação extremamente saudável focada em eliminar o sobrepeso, evitar problemas de saúde e reverter os danos causados pela má alimentação passada.

Neste livro você vai aprender as melhores receitas de doces e salgados, sem medo de engordar.

Receitas simples e fáceis de preparar, e o melhor de tudo: Super acessíveis!

Clique na imagem abaixo e adquira agora o seu livro digital.

GOSTOSURAS LOW CARB

Abraços e fique com Deus,

Dr Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : ácido estomacalácido gástricoAnti-inflamatórios não esteroidesaziaCarol Pimentelcigarrodr. juliano pimenteleliminar os sintomasesfíncter esofágico inferioresôfagoGostosuras Low Carbhábitos alimentares saudáveis.legumeslivro digitallow carbnáuseanicotinaobesasPerda de apetiterefluxo ácidorevestimento do estômagosaúde digestivasobrepesosuper alimentos

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta