close
Alimentação

Ashwagandha – O que é, como tomar, efeitos colateriais

Dr Juliano Pimentel

A Ashwagandha é uma planta em que a raiz e o fruto são usados para fazer remédios.

Ashwagandha , também conhecido como ginseng indiano, tem uma ampla gama de benefícios para a saúde, que incluem sua capacidade de combater o câncer e diabetes, reduzir a inflamação e prevenir artrite, asma, hipertensão, estresse e reumatismo (1,2,3).

Além disso, aumenta o suprimento de antioxidantes e regula o sistema imunológico. Também possui propriedades antibacterianas e anticonvulsivas.

Ashwagandha contém propriedades que podem ajudar a acalmar o cérebro, reduzir o inchaço, inflamação, baixar a pressão arterial e alterar o sistema imunológico (4,5).

São muitos os benefícios da Aswagandha e neste artigo você terá informações de uso, das vantagens do consumo e também dos efeitos colaterais.

Não deixe de ler e compartilhar!

Ashwagandha

O uso de Ashwagandha por tantos séculos despertou a curiosidade da ciência médica moderna, levando a um interesse em investigar as propriedades medicinais da planta.

Estudos preliminares sobre Ashwagandha indicaram a presença de potencialidades terapêuticas e também não mostraram toxicidade associada aos constituintes químicos da planta (6).

Pesquisas científicas na planta indicam que ela possui propriedades anti-inflamatórias, anti-oxidantes, anti-estresse, indutoras do sono e de retirada de drogas (7,8).

Muitas formulações que são feitas a partir de Ashwagandha melhoram os problemas musculoesqueléticos, como artrite e reumatismo. Também atua como um tônico que aumenta a energia e melhora a saúde geral e a longevidade.

Pesquisas recentes sobre Ashwagandha realizadas no Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Industrial Avançada no Japão relataram que as folhas de Ashwagandha podem inibir seletivamente as células cancerígenas (9).

Usos

Aumenta a produção de sangue

A hematopoiese é o processo de produzir sangue novo. Segundo a pesquisa, Ashwagandha possui propriedades hematopoiéticas (10).

O estudo mostrou que as contagens de glóbulos vermelhos e leucócitos aumentaram significativamente quando foram administrados com Ashwagandha.

Isso poderia significar um efeito positivo sobre os glóbulos vermelhos humanos, ajudando, assim, a prevenir condições como a anemia (11).

Previne convulsões

Ashwagandha tem sido um remédio amplamente usado para convulsões. Outro estudo também mostrou a presença de propriedades anticonvulsivas nesta planta (12).

Ajuda no crescimento muscular

Ashwagandha também pode ser útil para melhorar a força muscular dos membros inferiores e ajudar a recuperar a fraqueza. Também tem um impacto positivo na coordenação neuromuscular.

Reduz Doenças Oculares

Nova pesquisa mostrou que as propriedades antioxidante e citoprotetora de Ashwagandha são ideais para combater doenças de catarata (13).

Propriedades anti-inflamatórias

Foi encontrado benefícios na Ashwagandha para ser eficaz em lidar com uma variedade de problemas reumatológicos.

A erva é conhecida por agir como um inibidor da ciclooxigenase que diminui a inflamação e a dor.

Uma pesquisa realizada em Los Angeles sugere que Ashwagandha tem propriedades anti-inflamatórias devido aos alcalóides, saponinas e lactonas esteróides encontradas dentro na planta (14).

Propriedades antibacterianas

De acordo com textos médicos ayurvédicos, a Ashwagandha é eficaz no controle de infecções bacterianas em humanos.

Um estudo realizado no Centro de Biotecnologia da Universidade de Allahabad, na Índia, mostrou que Ashwagandha possui propriedades antibacterianas (15).

Também concluiu que a Ashwagandha era eficaz em infecções urogenitais, gastrointestinais e do trato respiratório quando consumida por via oral.

Trata o câncer

Um estudo de pesquisa denominou Ashwagandha é uma alternativa nova e emergente no campo da oncologia, em associação com radioterapia e quimioterapia, devido às suas propriedades de câncer (16).

Além disso, sabe-se que a planta consegue reduz os efeitos colaterais da quimioterapia sem interferir na atividade de matar células tumorais .

Reduz Ansiedade

Ashwagandha ajuda a reduzir a ansiedade

Ashwagandha ajuda na redução da ansiedade. Na Índia, a Ashwagandha tem sido tradicionalmente usada na medicina Ayurveda para melhorar a saúde física e mental.

Um estudo realizado no Instituto de Ciências Médicas da Universidade Hindu Banaras, na Índia, comprovou os benefícios do uso da Ashwagandha no tratamento da depressão (17).

Alivia o estresse

O aumento do estresse provocado pelo dia-a-dia corrido, é um problema que a maioria das pessoas têm dificuldade para resolver. Acredita-se que Ashwagandha possui propriedades anti-stress.

A planta tem potencial para induzir um efeito calmante em uma pessoa. O ingrediente ativo responsável por esta atividade ainda é desconhecido, mas várias propriedades anti-estresse foram observadas em experimentos de pesquisa (18).

Dosagem

A dose adequada de ashwagandha depende de vários fatores, como a idade do usuário, a saúde e várias outras condições.

A raiz de Ashwagandha está disponível no mercado em forma de raiz em pó, seca ou fresca. Recomenda-se 1-2 colheres de chá ou 5-6 gramas do quando o consumo é para bem-estar geral.

Quando você toma a erva para tratar qualquer doença específica, você deve consultar um profissional médico.

Importante ter consciência de que o consumo dos produtos naturais é seguro quando as dosagens estão adequadas ao tipo de tratamento, caso contrário pode haver efeito rebote, e Ashwagandha piorar os sintomas ao invés de melhorar.

Certifique-se de seguir as instruções relevantes nos rótulos dos produtos e consulte seu farmacêutico, médico ou outro profissional de saúde antes de usar.

Efeitos colaterais

  • Risco para as mulheres grávidas: As mulheres grávidas são aconselhadas a evitar o consumo de Ashwagandha, uma vez que possui propriedades abortivas.
  • Risco de Interações Médicas: Os médicos aconselham cautela ao usar Ashwagandha porque ele pode interagir com medicamentos regulares, especialmente para aqueles que sofrem de doenças como diabetes, hipertensão, ansiedade, depressão e insônia (19).

Ashwagandha pode reduzir os níveis de açúcar no sangue. Isso pode interferir nos medicamentos usados ​​para o diabetes e fazer com que os níveis de açúcar no sangue diminuam. Se você tem diabetes, monitore seu açúcar no sangue de perto.

Ashwagandha pode diminuir a pressão arterial. Isso pode causar pressão arterial baixa em pessoas com pressão baixa; ou interferir com medicamentos usados ​​para tratar a pressão alta.

Ashwagandha deve ser usada com cautela se você tiver pressão baixa ou tomar medicamentos para a sua pressão arterial.

Ashwagandha pode irritar o trato gastrointestinal (GI). Não use ashwagandha se você tiver uma úlcera no estômago.

Ashwagandha pode aumentar os níveis do hormônio da tireoide. Ashwagandha deve ser usado com cautela ou evitado se você tem uma condição da tireoide ou tomar medicamentos para hormônio da tireoide.

Evite o consumo de Ashwagandha em grandes quantidades, pois isso pode causar efeitos colaterais como diarreia, dor de estômago e náusea (20).

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : antiinflamatórioashwagandhadestaquedr. juliano pimentelginseng indianoremédiossaúde

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta