close
AlimentaçãoMetabolismo

Conheça os benefícios do gengibre para sua saúde e como inserir a raiz na sua dieta

Oi gente, neste artigo vou compartilhar com vocês alguns dos benefícios do gengibre. Você vai perceber que o gengibre é até considerado um super alimento, devido a tantas propriedades benéficas que ele oferece para nossa saúde.

A título de curiosidade o nome oficial do gengibre é Zingiber officinale. E essa raiz apresenta cargas de propriedades medicinais. Por isso, é usada em todo o mundo em aplicações culinárias e clínicas.

Gostou do tema deste artigo?

Leia, comente e compartilhe!

Benefícios do gengibre

Reservei os 8 melhores benefícios do gengibre para compartilhar com vocês. E no final deste artigo, listei como você pode consumir essa raiz tão poderosa no seu dia a dia. Acompanhe 🙂

1. Benefícios do gengibre para a digestão

Sabe quando você sente o estômago pesado após uma refeição? Então, um dos benefícios do gengibre é justamente aliviar essa situação para que você não sinta esse desconforto, nem azia.

A Dispepsia funcional é o termo clínico usado para descrever o desconforto abdominal superior, como o refluxo ácido, que se acredita estar relacionado à lentidão do sistema digestivo (1). Um estudo demonstrou  que o gengibre ajuda nesses problemas (2).

O que acontece é que o gengibre ajuda a aumentar a capacidade do corpo de esvaziar os alimentos do estômago mais rapidamente – conhecido como esvaziamento gástrico. Com esse aumento da motilidade no sistema digestivo, é menos provável que ocorra azia ou indigestão.

E de fato, um estudo de participantes saudáveis mostrou que tomar cápsulas de gengibre (1200 mg) com uma refeição estimula tanto a digestão que a velocidade de esvaziamento gástrico foi dobrada (3). Imagine só o alívio resultante da comida saindo do estômago duas vezes mais rapidamente.

Outro benefício disso, é que, quanto mais eficiente sua digestão, mais energia você terá, porque os pesquisadores descobriram que aproximadamente 60% da energia do seu corpo vai para o metabolismo (4). Se o gengibre puder melhorar a digestão, seu metabolismo melhorará e a energia estará mais disponível.

Isso é possível porque quanto mais rápido você digerir sua comida, mais rápido você absorverá as vitaminas e os minerais dos alimentos que ingerir.

Além disso, você também terá menos alimentos não digeridos no trato digestivo, o alimento consome energia quando não é digerido. Portanto, o gengibre não apenas estimula a digestão, melhorando os sintomas de dispepsia e acelerando o esvaziamento gástrico, mas também beneficia seus níveis gerais de energia.

2. Abaixa a pressão sanguínea

A pressão alta, conhecida como hipertensão, é um sintoma comum da dieta de pessoas que tem ingestão alta em alimentos processados.

O problema é que quando a hipertensão é deixada sem tratamento, pode causar danos às artérias, coração, cérebro, rins e olhos, por exemplo. Existem medicamentos para pressão arterial, mas e se você pudesse reduzir sua pressão naturalmente?

O gengibre melhora a pressão arterial (em conjunto com a medicação) agindo como um vasodilatador, ou seja, ele expande seus vasos sanguíneos (5). Isso é útil para aumentar a circulação no corpo, o que reduz a pressão arterial geral em todo o corpo.

Além do mais, um dos benefícios do gengibre é que também contém potássio, um mineral que a pesquisa descobriu pode ajudar a baixar a pressão arterial (6).  O gengibre contém 415  mg de potássio por 100 g (7). Isso é mais do que uma banana (um alimento conhecido por ser rico em potássio), que contém apenas 358 mg por 100g (8).

No final deste artigo você terá uma lista de como consumir gengibre.

3. Reduz Náusea

Seja por enjôo matinal, efeitos pós-cirúrgicos, quimioterapia ou gravidez, a náusea não é uma experiência que alguém deseja. Porém, o gengibre demostrou ser um remédio eficaz para náuseas relacionadas à gravidez e quimioterapia (9).

Além disso, também foi constado que o gengibre reduz a quantidade de náusea que você poderia sentir ao sentir-se enjoado (10). Após cirurgias, é comum que algumas pessoas experimentem náuseas e vômitos. A boa notícia é que os pesquisadores descobriram que o gengibre é um meio eficaz para reduzir náuseas e vômitos no pós-operatório (11).

Um dos benefícios do gengibre é reduzir a náusea
Um dos benefícios do gengibre é reduzir a náusea

E mais, o gengibre não apenas ajuda a aliviar as náuseas no pós-operatório, como também ajuda os pacientes com câncer.

Em um estudo de adultos e crianças em tratamento quimioterápico, o gengibre mostrou ser eficaz no alívio da náusea que acompanha esses tratamentos (12). Sendo assim, vale a pena tentar o gengibre quando você estiver sentindo náusea de qualquer tipo.

4. Benefícios do gengibre para redução da inflamação

A inflamação ocorre naturalmente, mesmo em indivíduos saudáveis, afinal, é uma resposta natural e saudável para proteger o corpo de lesões ou doenças.

No entanto, quando a inflamação é excessiva ou crônica, pode ser muito prejudicial. De fato, os pesquisadores descobriram que a inflamação crônica está na raiz de muitas doenças comuns, como doenças cardíacas, distúrbios auto-imunes e câncer, por exemplo (13).

Os constituintes ativos do gengibre cru – gingerol, shogaol e paradol – são responsáveis ​​por muitos dos efeitos anti-inflamatórios naturais que o gengibre fornece.

O gengibre inibe a produção de citocinas pró-inflamatórias, ou seja, pequenas proteínas liberadas pelas células para se comunicar com outras células do corpo (14, 15). Sendo assim, as citocinas pró-inflamatórias são responsáveis ​​pela regulação positiva das reações inflamatórias, o que significa que essas reações ocorrem com mais frequência no organismo.

Ou seja, isso está diretamente relacionado ao aumento da inflamação no corpo. Afinal, desde que o gengibre foi mostrado para reduzir os níveis de inflamação que essas citocinas pró-inflamatórias podem produzir, é natural que a inflamação também diminua. Este é um grande feito!

Afina, como a inflamação pode ocorrer tanto no corpo – especialmente com uma dieta pobre – o gengibre é uma ótima maneira de ajudar a reduzir a quantidade geral de inflamação no corpo. Por isso, se você está experimentando uma condição inflamatória, o gengibre é um remédio anti-inflamatório natural e poderoso para tentar.

5. Propriedades antibacterianas

Se você ainda não está convencido das propriedades medicinais do gengibre, estará agora! Afina, o gengibre é um antibacteriano eficaz para muitas bactérias resistentes a medicamentos em aplicações clínicas (16).

Os benefícios antibacterianos não param por aí.

Na saúde bucal, por exemplo, foi demonstrado que dois tipos de gengibre inibem o crescimento de patógenos que contribuem para a periodontite (inflamação das gengivas causada por bactérias da gengiva) (17). Ou seja, as propriedades antibacterianas que o gengibre possui mostram que a raiz é realmente um remédio.

No final deste artigo você terá uma lista de como consumir gengibre.

6. Regulador de açúcar no sangue

O diabetes é a doença mais comum do sistema endócrino (18). O diabetes tipo 2, por exemplo, é responsável por mais de 90% dos diagnósticos de diabetes. Uma das causas do diabetes é a hiperglicemia crônica- o termo clínico para alto nível de açúcar no sangue.

Por isso, se você pode regular seus níveis de açúcar no sangue, é menos provável que tenha hiperglicemia crônica que pode levar ao diabetes ao longo do tempo. Um estudo demostrou que a suplementação com gengibre reduziu os níveis de açúcar no sangue em jejum, bem como os níveis de hemoglobina A1c (19).

Um dos benefícios do gengibre é a redução do açúcar no sangue
Um dos benefícios do gengibre é a redução do açúcar no sangue

Ou seja, se você conseguir manter seus níveis de A1c abaixo de 5,7%, estará na faixa normal. Como o gengibre reduz os níveis de açúcar no sangue e o A1c, é seguro dizer que o gengibre ajuda a regular o sistema mente-corpo para manter os níveis de açúcar no sangue sob controle e prevenir a hiperglicemia crônica.

7. Benefícios do gengibre para redução de dores menstruais

Muitas mulheres sabem como a dor menstrual pode ser debilitante. Existem medicamentos analgésicos vendidos sem receita, dedicados a essa dor específica, mas o gengibre também pode proporcionar alívio.

Um estudo descobriu que o gengibre é tão eficaz quanto o ibuprofeno na redução da dor associada à dismenorreia (menstruação dolorosa) em mulheres (20). Cólicas menstruais no abdômen e na região lombar são comuns na dismenorreia.

Essa descoberta é uma ótima notícia para as mulheres! Da próxima vez que sentir cólicas durante o ciclo menstrual, experimente o gengibre.

8. Afeta positivamente os níveis de colesterol

O colesterol LDL é chamado de colesterol ‘ruim’. Pense nisso como colesterol menos desejável ou até ruim, porque contribui para o acúmulo de gordura nas artérias. Esse acúmulo de gordura é conhecido como aterosclerose e aumenta o risco de ataque cardíaco e derrame (21).

Como afirmado anteriormente, o gengibre é útil na redução da pressão arterial, mas também é benéfico para os níveis de colesterol. O gengibre reduz os níveis de colesterol – reduzindo especificamente as lipoproteínas de baixa densidade (LDL) (22).

Como usar o gengibre

Conhecer todos esses benefícios à saúde do gengibre é ótimo, mas é preciso saber como incorporar  o gengibre em sua rotina diária

Raiz de gengibre fresco

Esta é a forma mais potente de gengibre, mas também a mais versátil. Você pode fatiá-lo e mergulhá-lo em água quente para o chá, triturar em pratos salteados, suco, adicionar aos seus sucos ou até pegar uma fatia e mastigar. Gengibre seco ou suco de gengibre é ótimo para um lanche no meio do dia.

Gengibre moído

O gengibre moído pode ser usado de maneira semelhante ao gengibre fresco. Ou seja, pode ser mergulhado em água quente para o chá ou adicionado às suas receitas favoritas. Além disso, o gengibre em pó também é ótimo para assar.

Cápsulas de gengibre

Esta é a maneira mais fácil de incluir gengibre em sua dieta – especialmente se você não gosta do sabor! Afinal, as cápsulas de gengibre, ou suplementos de gengibre, são simples. O pó de gengibre moído é adicionado a uma cápsula para facilitar o consumo a qualquer hora do dia.

Balas de gengibre 

As balas e doces de gengibre tendem a ter um sabor mais suave e podem ser levados a qualquer lugar. No entanto, verifique os ingredientes para garantir que você não está consumindo ingredientes indesejados, como xarope de milho.

Óleo de gengibre

O óleo de gengibre pode ser tomado internamente ou esfregado topicamente para tratar a dor. O óleo essencial de gengibre tem muitas propriedades calmantes e é útil para massagens, por exemplo.

Chá de gengibre

Por fim, você pode fazer chá de gengibre usando gengibre fresco ou gengibre em pó. Mas você também pode comprar saquinhos de chá de extrato de gengibre prontos para usar na loja. Estes são ótimos para ter em mãos, se sentir náuseas ou quiser acalmar o estômago depois de comer.

Com todos os benefícios para a saúde que o gengibre tem a oferecer e todas as maneiras diferentes de consumir gengibre, é fácil começar a incorporá-lo à sua vida diária!

Confira outras receitas de chás que podem beneficiar sua saúde e emagrecimento.

Benefício do gengibre e chás
Benefício do gengibre e chás

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : antioxidantesbalas de gengibrebeneficios do gengibrecápsulas de gengibrechá de gengibrecomo comer gengibrecomo usar gengibrecontrolar colesteroldiabetesdr. juliano pimentelgengibreinflamaçãomau colesterolmetabolismonáuseaobesidadeóleo de gengibreperder pesosaúdesistema imunológico

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta