close
AlimentaçãoFitness

Qual É o Melhor Tipo de Proteína Para Perder Peso?

Quem me acompanha sabe que para emagrecer e manter a boa saúde, é necessário consumir proteína. Ela ajuda a dar saciedade, a perder peso, reconstruir a massa muscular, além de trazer muitos outros benefícios para a saúde. Troque o fast food e comida rica em carboidratos vazios e conservantes, por alimento rico em proteína para perder peso.

Então surge a dúvida: qual o melhor tipo de proteína para perder peso, sem perder a saúde?

Descubra agora e veja como potencializar o efeitos das suas atividades físicas, e reeducação alimentar.

Não deixe de ler e compartilhar!

Proteína para Perder Peso: Animal ou Vegetal?

Proteína para Perder Peso: Frango. Imagem: (Divulgação)

A proteína é um macronutriente que ao ser consumida é dividida em aminoácidos que são usados para a produção de energia.

Os seus componentes são usados em quase todos os processos metabólicos do organismo, inclusive para a manutenção e produção de massa muscular; para o crescimento e reparo das células e para impulsionar o sistema imunológico.

E como eu já expliquei antes; estar com a taxa metabólica equilibrada e funcionando adequadamente é essencial para a perda de peso.

A diferença entre a proteína animal e a proteína vegetal está nos aminoácidos; cada aminoácido possui a sua particularidade. A proteína animal é semelhante à proteína encontrada no corpo humano, e é chamada de aminoácido não essencial.

Ao total existem 20 aminoácidos que nós precisamos para manter a saúde. O corpo produz os aminoácidos não essenciais, mas precisa de 9 aminoácidos essenciais que podemos adquirir por consumir determinados alimentos ricos em proteínas.

Os alimentos proteicos, não possuem a mesma quantidade de aminoácidos, e esse é um dos motivos pelos quais os alimentos com proteína animal são mais indicados para o emagrecimento.

A proteína animal possui uma quantidade equilibrada de todos os aminoácidos que o corpo precisa para queimar gordura.

Isso não quer dizer que alimentos com proteína vegetal não sejam saudáveis, porém, esse último não contém as qualidades necessárias para quem deseja perder gordura.

A proteína vegetal possui uma quantidade inferior de aminoácidos essenciais, como triptofano, lycine, metionina e a isoleucina.

A proteína animal ainda é rica em vitamina B12, que não é encontrada em alimentos vegetais; ferro (que pode ser encontrado em maior quantidade em alimentos de origem animal; zinco e vitamina D (4).

Alimentos de Proteína Animal

Alguns alimentos de proteína animal incluem:

Carne de boi; carne de porco; frango, entre outras carnes; ovos; frutos do mar; leite e derivados do leite. Porém, como eu expliquei em outro artigo, o leite é inflamatório, mas você pode substituí-lo por leite vegetal, kefir e derivados de kefir.

Carne, ovos e os produtos lácteos possuem proteínas completas.

1- Lombo de porco

Possui menos calorias que um filé de frango, com 24 gramas de proteína e 83 miligramas de colina (que ajuda a perder gordura). Pode ser considerado um tipo de proteína para perder peso, devido ao perfil dos aminoácidos contidos na carne de porco, que ajudam a queimar gordura mais rápido.

2- Linguado

O linguado é um peixe rico em proteínas, nutrientes e fibras, que aumentam a saciedade mais do que a carne de boi e a de frango.

O consumo do linguado também pode influenciar nos níveis do hormônio serotonina, que é um dos reguladores do apetite.

Ele possui gorduras saudáveis que apoiam o emagrecimento.

3- Salmão selvagem

O salmão é um alimento de baixa caloria, rico em gorduras monoinsaturadas, ajuda controlar os níveis de insulina, reduz os níveis de inflamação. Os seus benefícios também apontam que ele é um alimento com a quantidade necessária de proteína para perder peso (3).

4- Atum

O atum é um peixe rico em ácidos graxos ômega-3, que ajuda a perder gordura abdominal e impede o acúmulo de gordura.

Possui 16 gramas de proteína em 1 porção.

Essas algumas dicas de peixes que ajudam a perder peso. Porém, procure evitar o consumo da tilápia, por possui algumas propriedades inflamatórias. (1,2,5)

5-Frango

O frango é uma carne magra que vale a pena ter na alimentação; ele contém mais da metade da quantidade necessária de proteína por dia.

26 gramas de proteína.

6- Ovos

O ovo possui 7 gramas de proteína, além de ser um dos alimentos mais nutritivos que existe.

Além das proteínas, essas fontes são ricas em nutrientes, que podem faltar em alimentos de proteína vegetal.

Faça variações dos alimentos saudáveis que você precisa consumir por dia; e se o seu desejo é perder peso consuma os alimentos ricos em proteína animal, mas lembre-se que o exagero desses alimentos ou suplementos traz malefícios para a saúde.

Mantenha o equilíbrio daquilo que você consome.

Mas não se esqueça também dos alimentos ricos em proteína vegetal como as ervilhas, cogumelos, entre outros alimentos. Inclua sementes, folhas verdes, frutas que são baixas em frutose e outros alimentos que ajudam na perda de peso e possuem diversos nutrientes para a saúde em geral, como a quinoa.

Pratique atividades físicas, e mude a sua alimentação.

E se você deseja mesmo transformar a sua saúde no verão, e em consequência perder peso, esse é o momento!

Eu trago a revolução da saúde, um projeto que pretende mudar a cara da alimentação e da saúde de todos!

Você, os seus filhos e toda a família merecem uma transformação na saúde que realmente seja eficaz, cuidando do corpo de dentro para fora!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : aminoácidoaminoácido não essencialaminoácidosaminoácidos essenciaisdr. juliano pimentelemagrecimentofast foodfrangofrutos do marhormônio serotoninalinguadomassa musculperda de pesoperder gorduraproteína animalProteína Para Perder Pesoproteína vegetalsalmãosaúdesistema imunológicsistema imunológico

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.