close
ArtigosSer Pleno

Desintoxicação – 2 passos para colocar em prática de maneira natural!

É bem provável que você já tenha visto algum suco ou receita para desintoxicar. Mas, o que é a desintoxicação. E porque ele é tão necessário?

Todos os dias somos bombardeados com toxinas, graças ao nosso estilo de vida moderno – do ar que respiramos à água que bebemos, aos alimentos que ingerimos, aos produtos que colocamos em nossos corpos e em nossas casas.

A estimativa é que 80% de todas as doenças tenham causas ambientais e de estilo de vida. Mas, felizmente, existem vários alimentos úteis para desintoxicar naturalmente.

O que é a desintoxicação?

O método de cura do corpo através da desintoxicação é muito antigo, alias, tem milhares de anos – desde Hipócrates, que é conhecido como o “Pai da Medicina Ocidental”.

O detox, ou a desintoxicação por definição é a remoção fisiológica de substâncias tóxicas de dentro do seu corpo. Ou seja, seus sistemas linfático e circulatório desintoxicam suas células individuais, enquanto a desintoxicação em uma escala mais ampla é realizada principalmente pelo fígado, rins e intestinos.

Desintoxicação.
Antes e depois do processo de desintoxicação

Além desses, outros órgãos, como intestinos, pulmões e pele, também desempenham um papel na eliminação de toxinas do corpo (1).

“Toxicidade” é determinada pelo grau em que uma substância química ou uma mistura específica de substâncias pode danificar seu corpo de qualquer forma. 

Ou seja, uma toxina é uma substância que é venenosa para o seu corpo. Isso inclui metais pesados, pesticidas, poluentes, aditivos alimentares e uma multiplicidade de produtos químicos. 

Por que ficamos tão intoxicados?

Infelizmente, essas substâncias tóxicas se escondem em tudo, desde a água que você bebe, o ar que respira, os alimentos que você come, seus cosméticos e produtos de higiene pessoal e os produtos de limpeza você usa em sua casa. 

Enfim, até suas panelas e a restauração de dente feita com amálgama emitem toxinas. 

Assim, acontece a bioacumulação, que nada mais é que o acúmulo de toxinas no corpo humano. Este é inclusive, um fator contribuinte importante para o aumento de condições crônicas como asma, alergias, câncer, condições mentais e uma série de problemas autoimunes.

Como estamos no topo da cadeia alimentar, quando ingerimos carne que não é orgânica, estamos consumindo todos os antibióticos, hormônios do crescimento e outros produtos químicos fornecidos aos animais, bem como os herbicidas e pesticidas pulverizados nos grãos alimentados para esses animais.

É por isso que recomendo comer apenas carnes orgânicas alimentadas com capim. Da mesma forma, recomendo produtos orgânicos em vez de convencionais, que estão contaminados com inseticidas, fertilizantes e outros produtos químicos.

O que você pode fazer para apoiar a desintoxicação natural?

Quando o sistema de desintoxicação natural do seu corpo é sobrecarregado pelo excesso de exposição a toxinas, má alimentação, estresse e infecções, seu corpo precisa de suporte extra para suas vias de desintoxicação. 

E se você tem uma condição auto-imune, seu corpo fica ainda menos equipado para lidar com toxinas. Para ajudar a gerenciar sua carga tóxica, você pode tomar suplementos de apoio à desintoxicação e também pode incluir certos alimentos que ajudam a apoiar suas vias de desintoxicação, descritas abaixo, em sua rotina diária.

Primeiro passo do detox

Uma estratégia eficaz para amenizar as toxinas é a prevenção. É possível prevenir optando por consumir apenas alimentos orgânicos e tornando minha casa o mais livre de toxinas possível.

Copo de água para desintoxicação.
A desintoxicação deve acontecer até nos pequenos detalhes

Além disso, é possível minimizar as toxinas em sua casa incorporando os seguintes métodos:

  • Limpe o ar. Você sabia que o ar interno é 2-5 vezes MAIS poluído que o ar externo? Por isso é interessante usar um purificador de ar.
  • Limpe a sua água. Seja na água em que você está bebendo ou tomando banho, você pode eliminar as toxinas presentes na água instalando filtros em sua casa nas torneiras e chuveiros ou instalando um sistema de filtragem de casa cheia. Evite armazenar água em embalagem plástica, prefira o vidro.
  • Compre comida limpa. Coma apenas alimentos orgânicos, incluindo produtos orgânicos e carnes. Devido à bioacumulação, a carne que não é orgânica pode ser a mais tóxica para o seu corpo.

Simplificando, quando você come carne que não é orgânica, também está comendo o “acúmulo” de toxinas às quais os animais estão expostos, desde os pesticidas pulverizados nos grãos que ingerem até os antibióticos que recebem. 

  • Compre produtos puros para o corpo. Você não deve colocar na pele qualquer coisa que não coma, porque ela absorve tudo o que você coloca nela. Se você não puder substituir todos os seus produtos de cuidados pessoais de uma só vez, poderá substituí-los lentamente. Neste artigo você pode conferir receitas de desodorante puros, sem alumínio e parabenos. 

Segundo passo do detox

Como a exposição a algumas toxinas em nosso ambiente é inevitável, o segundo passo para domar as toxinas é por meios naturais. 

Para apoiar a desintoxicação natural do seu corpo, é fundamental consumir muita água para permitir a capacidade do seu corpo de eliminar toxinas. Alem disso, é fundamental praticar alguma atividade física.

Comer alimentos que suportam a capacidade de desintoxicação do seu corpo é outra ótima maneira de eliminar as toxinas do seu corpo. Saiba quais são os melhores alimentos para desintoxicar!

Gostou das dicas?

Inserir novos alimentos no dia a dia é ótimo para manter a dieta equilibrada. Além disso, é fundamental retirar também tudo o que não é saudável. Uma das maneiras de fazer isso é através do DETOX.

Ouça os áudios de pessoas que fizeram o detox e tiveram suas vidas transformadas!

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel. 

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentaçãoalimentos desintoxicantesalimentos detoxalimentos industrializadosantioxidanteschá detoxcomidas detoxdesintoxicaçãodesintoxicardetoxDetox de Melancia e morangodr. juliano pimentelobesidadesaúde

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta