close
Dr Juliano Pimentel

Quem faz dieta com certeza já ouviu diversas dicas para perder peso. Dicas passadas pelas amigas, compartilhadas na Internet ou que estampam as capas de revistas. Embora algumas dessas dicas sejam boas, outras são inúteis ou até mesmo prejudiciais ao emagrecimento.

Para conseguir o melhor resultado, você vai precisar saber filtrar os conselhos realmente válidos que te ajudarão a perder peso, e a levar uma vida mais saudável.

Por isso, vou compartilhar aqui as dicas para perder peso que você deve ignorar completamente.

Não deixe de conferir e compartilhar!

Dicas Para Perder Peso X Realidade

  1. Nunca pule o Café da Manhã

Umas das dicas para perder peso que você pode ignorar, é o de tomar o café da manhã, mesmo não estando com fome.

Você já deve ter ouvido que o Café da Manhã é a refeição mais importante do dia, responsável por impulsionar o seu metabolismo depois de dormir durante toda a noite.

Por isso, muitas pessoas se obrigam a comer de manhã, mesmo quando não estão com fome. Acontece que ele não é necessariamente essencial para a perda de peso.

Na verdade, pesquisas mostraram que pular essa refeição pode ajudar no emagrecimento (1, 2,3).

Quem me segue sabe que o jejum intermitente beneficia a saúde e pode ajudar a perda peso (4,5).

O jejum intermitente pode ser uma boa opção para você.

Se você não está com fome de manhã, então não há nenhuma razão para comer. E se você está com fome, coma proteínas, assim você estará mais satisfeito e menos propenso a comer demais no almoço (6).

2.Não se pese todos os dias

Seu peso pode variar dia a dia, em resposta a vários fatores. Por esta razão, as pessoas são muitas vezes aconselhadas a não subir na balança todos os dias quando estão tentando perder peso.

Enquanto isso parece fazer sentido, o oposto também pode ser verdade.

Os pesquisadores relataram que a pesagem diária não leva a transtornos alimentares ou efeitos psicológicos negativos (8).

Em um estudo de seis meses, as pessoas com sobrepeso e obesas que se pesaram todos perderam uma média de 4,5 kg mais do que aqueles que se pesavam com menos frequência (11).

Em outro estudo, pesquisadores observaram para os hábitos de pesagem de 40 pessoas com excesso de peso, e descobriram que quanto mais frequentemente os participantes se pesaram, mais bem-sucedidos eles estavam na perda de peso (12).

É importante ter em mente que o peso pode variar de um dia para o outro devido a alterações hormonais e de outros fatores que influenciam o equilíbrio de fluidos, juntamente com a frequência do movimento intestinal.

Estas mudanças não refletem a perda de gordura ou ganho.

No entanto, a pesagem diária ajuda a entender como o seu corpo funciona, e quais alimentos ajudam a perder peso. 

  1. Não emagreça rapidamente

Embora seja bom emagrecer devagar, as pesquisas mais recentes indicam que perder peso rápido no início da dieta, não aumenta o risco de recuperação do peso.

De fato, perder peso rapidamente parece ser benéfica a longo prazo (1820).

No entanto, alguns métodos de perda de peso são melhores do que outros.

Cortar as calorias ingeridas para níveis extremamente baixos pode fazer com que você perda peso rapidamente no início da dieta, mas é improvável que seja mantido.

  1. Faça mais Cardio

O exercício cardiovascular, também conhecido como exercício aeróbico, é excelente para o seu coração, redução do estresse e saúde em geral (21). No entanto, não dependa dele para ajudá-lo a perder peso.

E também pode depender do seu organismo.

Algumas pessoas perdem peso em resposta ao cardio, outros mantêm o peso e outras ganham peso ligeiramente (24).

A melhor estratégia para ficar em forma, manter a massa muscular e perder peso é combinar o treinamento de força com cardio (25).

  1. Coma menos gordura (natural)

Uma das dicas para perder peso, que na verdade pode prejudicar o seu emagrecimento saudável, é o de evitar gorduras saudáveis. Evitar todos os alimentos gordurosos, quando você está tentando perder peso é uma má ideia.

A gordura tem o dobro de calorias que as proteínas ou carboidratos, mas levamos mais tempo para digeri-la. Dietas com baixa ingestão de gordura geralmente têm um histórico pobre quando se trata de perda de peso.

Por exemplo, um estudo com mais de 48.000 mulheres descobriu que uma dieta com baixo teor de gordura causou apenas 0,5 kg de perda de peso em 7 anos (28).

Os alimentos que são naturalmente ricos em gordura – como abacate, nozes e coco – ajudam no emagrecimento (29).

  1. Comer de 3 em 3 horas

Comer de 3 em 3 horas é um mito.

Estudos realizados em pessoas que consumiram duas refeições em comparação com quem fez sete refeições ao dia, não mostraram nenhuma diferença em relação às calorias queimadas entre os dois grupos (34).

Estudos controlados demonstraram que comer muitas pequenas refeições não resulta em maior perda de peso, em relação a quem come três refeições por dia (35).                             

  1. Concentre-se em calorias

Enquanto um déficit calórico é necessário para a perda de peso, a ingestão de calorias é apenas parte da história.

O tipo de alimento que você come vai ter um enorme impacto sobre a sua fome, apetite e os hormônios que controlam o seu peso, e tudo isso pode afetar sua capacidade de alcançar o déficit de calorias necessárias (38).

Consumir mais proteínas aumenta a saciedade, nutre o organismo e ajuda no bom funcionamento do organismo (39).

A proteína aumenta o efeito térmico do organismo, o que significa que queima mais calorias durante a digestão (41).

A ingestão de calorias diminui quando os carboidratos são restritos, e que a perda de peso é maior em dietas de baixo carboidrato (low carb) comparado com dietas de baixa gordura; de acordo com pesquisas recentes.

Em resumo, a qualidade do alimento que você ingere é mais importante do que sua quantidade de calorias.

Mesmo que as calorias fossem a única coisa que importa em uma dieta, é muito difícil medir com precisão quantas calorias você está comendo.

Um estudo descobriu que pessoas com obesidade subestimavam a sua ingestão calórica verdadeira de 47%, em média. Além disso, contagens de calorias em alimentos processados são muitas vezes imprecisas.

Embora cada caso seja único e o emagrecimento dependa muito do organismo da pessoa, existem algumas recomendações para perda de peso que simplesmente não funcionam para a maioria das pessoas.

Lembre-se de sempre buscar a orientação de um médico de confiança durante esse processo.

Ao invés de ficar se frustrando com dicas erradas, invista em uma alimentação de verdade!

Fique com Deus!

Dr Juliano Pimentel

 

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:

Você pode Gostar

Tags : alimentaçãoalimentos gordurososdestaquedicas para perder pesodietadr. juliano pimentelemagrecerexercício cardiovasculargorduras saudáveislow carbperda de gorduraperda de pesosaúdetranstornos alimentaresvsg

The author Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

1 Comentário

Enviar Resposta