https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close

Não é aa toa que a depressão é rotulada como o mal do século. A cada ano que passa o número de pessoas depressivas aumenta. No entanto, o que pouco se discute é o que realmente causa depressão.

Será que o uso das redes sociais, a pressão estética da sociedade, a necessidade de ser feliz o tempo todo é a principal causa da depressão?

Se você me conhece sabe que não concordo com nada disso. A sociedade não pressiona nada a ninguém. Cada um de nós tem o livre arbítrio de entender onde devemos ficar e o controle emocional para direcionar nossa energia ao que importa para nós.

Quando uma pessoa, por exemplo, suicida por não conseguir emagrecer, a causa dessa morte não é a pressão estética. A causa da morte é a falta de habilidade de lidar com as situações. 

E infelizmente muita gente não acessa essas visão sobre seu papel em relação à sociedade.

Mas, escrevi este artigo com o objetivo de abrir seu olhar para a causa da depressão. Leia até o final e comente o que você achou!

Qual a relação do intestino e a depressão

Inflamação intestinal causa depressão.

Nosso intestino possui muitas funções. A principal delas que você aprendeu na escola é absorver o nutriente dos alimentos e expulsar através do cólon o que não presta.

Mas, não é só isso!

O intestino é o responsável por produzir 90% da serotonina. Não sei se você sabe, mas a serotonina é o neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar. 

A serotonina, ou 5HT, impacta profundamente o sistema nervoso entérico, ou seja os neurônios, e a função intestinal.

Depois de liberada pelas células do intestino, a serotonina se liga aos receptores nas terminações nervosas da parede intestinal.

Porém, quando o paciente possui uma inflamação no intestino, o transporte da serotonina diminui. 

Ou seja, os comandos emitidos pela serotonina para o funcionamento correto do intestino, do cérebro e de outros órgãos fica totalmente prejudicado.

Isso porque, as vias neurais conectam o sistema nervoso entérico e o cérebro, e cada uma afeta a outra. 

Um exemplo clássico dessa relação é quando você está nervoso e sente vontade de ir ao banheiro. Ou quando você está ansioso e fica com frio ou sensação de borboletas no estômago.

A função da serotonina 

Um estudo de 2005 mostrou que a serotonina tem pelo menos três funções no intestino (1).

  • Ela ajuda na mediação de motilidade intestinal (doenças causadas por movimentos anormais do trato gastrointestinal).Ou seja, atua na movimentação do bolo fecal pelo intestino.
  • É útil na mediação da secreção intestinal no trato gastrointestinal. Então, a serotonina ajuda na condução do que é excretado.
  • Por fim, ela atua na modulação da percepção nos intestinos.

Além de tudo isso, a serotonina também é um elo vital no eixo cérebro-intestino.

No cérebro a serotonina regula a ansiedade, a felicidade e o humor. Por isso, a serotonina em nível reduzido causa depressão (2).

A depressão acontece como consequência de desequilíbrios químicos no cérebro. Embora o papel da serotonina na depressão seja mais complexo do que um desequilíbrio, ainda assim ela desempenha um papel fundamental (3).

Tanto é que aumentar a quantidade de serotonina no cérebro melhora a comunicação entre as células cerebrais, o que, por sua vez, melhora o humor e reduz os sintomas que causam depressão (4). 

Você já percebeu que a serotonina é fundamental para o funcionamento do seu corpo e regulação do seu humor.

O grande porém, é que seu corpo não é capaz de produzir serotonina suficiente quando há inflamação no intestino e outros fatores, como deficiências nutricionais e de vitaminas.

Por isso, evitar a inflamação intestinal é tão importante para a regulação do humor e do organismo como um todo.

Inflamação causa depressão: como diminuir

A inflamação intestinal pode ser causada por vários fatores, no entanto a sua alimentação é uma das responsáveis pela inflamação que causa depressão.

Fatores genéticos, por exemplo, podem estar relacionados à possibilidade de desenvolvimento da inflamação. No entanto, isso não pode ser alterado.

O que você pode e deve fazer para reduzir a inflamação do intestino é cuidar da alimentação para aumentar a produção de serotonina e reduzir o que causa depressão.

Adotando bons hábitos

Prática ruins causam depressão, portanto mude seus hábitos.

A vitamina D é fundamental na ativação da serotonina. Isso porque o calcitriol – hormônio da vitamina D – ativa a transcrição do gene sintetizador de serotonina triptofano hidroxilase 2 (TPH2) no cérebro em um elemento de resposta à vitamina D (5).

Sendo assim, é importante tomar sol de maneira correta. Neste artigo, tem dicas com horário certo para tomar sol.

Além disso, você pode adotar boas fontes alimentares. Muitos alimentos contêm naturalmente serotonina, mas seu corpo também precisa de outros nutrientes, como triptofano, vitamina B6, vitamina D e ácidos graxos ômega-3, para produzir o neurotransmissor. 

Alimentos como salmão, sardinha, atum, cogumelo, ovo, fígado de galinha, bananas, grão de bico, feijão preto, folhas verdes (como espinafre, couve), nozes e sementes e alimentos probióticos / fermentados (como kefir, iogurte, tofu).

Comer uma dieta rica em fibras e rica em frutas e vegetais mantém as bactérias intestinais saudáveis (6). 

Esse cuidado na nutrição é importante porque o intestino é o responsável por fornecer cerca de 95% do neurotransmissor do seu corpo.

Meditar e caminhar diariamente também contribui para a formação de serotonina.

No entanto, mais importante que isso, é preciso desintoxicar seu intestino.

Se você tomar sol, caminhar, meditar, comer esse alimentos que citei acima e comer pão, leite e fritura você não terá os resultados esperados.

O açúcar, leite, farinha, trigo, óleo de soja são alimentos extremamente inflamatórios. Eles se acumulam nas paredes do intestino e impedem que o intestino faça o que precisa ser feito.

A melhor maneira de impulsionar a serotonina, reduzir a inflamação intestinal  e prevenir ou melhorar os sintomas da depressão é fazendo um detox.

No meu Instagram eu dou dicas diárias que vão te ajudar nesse processo. Clique aqui para conferir e ter uma vida mais saudável. 

Abraços e fique com Deus.

Dr. Juliano Pimentel

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : causa depressãocausas depressãodepressãodr. juliano pimentelinflamação intestinal

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta