https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close

A cada ano que passa é maior o número de brasileiros acima do peso e com problemas de saúde relacionados ao excesso de peso e má alimentação. A falta de informação é um dos grandes motivadores que atrapalham seu emagrecimento.

A desinformação sobre nutrição influencia as pessoas a adotarem hábitos equivocados. E o pior, criam um terror sobre determinados alimentos e hábitos alimentares que na verdade são úteis para manter a saúde bem como o peso saudável.

Neste artigo você vai conferir apenas 6 mitos que atrapalham seu emagrecimento. Deixe nos comentários os mitos que você acreditava ser verdade.

Compartilhe o artigo no grupo da família, assim mais pessoas ao seu redor poderão se beneficiar das informações presentes neste material. 

6 mitos que atrapalham seu emagrecimento

Aqui estão 6 dos maiores mitos relacionados à nutrição e por que essas crenças antiquadas precisam ser eliminadas.

1 – Seguir uma dieta de muito baixas calorias é a melhor maneira de perder peso 

Ingerir poucas calorias atrapalham seu emagrecimento.
Ingerir poucas calorias é um dos mitos atrapalham seu emagrecimento.

Realmente se você seguir uma alimentação com baixa concentração de calorias você vai emagrecer. Mas, me diga uma coisa: Quem consegue manter uma dieta assim por muito tempo?

Entenda que mais importante que emagrecer é manter o peso ideal. É assim que você consegue manter os hormônios funcionando como deve ser e sua saúde estável.

Por isso, dietas de baixa calorias são um dos grandes mitos que atrapalham seu emagrecimento. Afinal de contas, é esse tipo de situação que te coloca no efeito sanfona

Por que é insustentável manter uma alimentação assim a vida toda (1).

De maneira geral esse pensamento torna difícil a manutenção do peso a longo prazo. É por isso que estudos mostram pessoas que fazem dieta de baixa caloria raramente conseguem manter o excesso de peso a longo prazo (2).

2 – Alimentos com baixo teor de gordura e diet são saudáveis 

Não caia no conto criado pela indústria alimentícia! Eu entendo que muitas pessoas acreditam nesses mitos que servem apenas para atrapalhar seu emagrecimento. Afinal, com uma ida ao supermercado você encontra uma variedade de produtos rotulados como “diet”, “light”, “baixo teor de gordura” e “sem gordura”.

Todos alimentos associados ao bem estar, emagrecimento e saúde. Mas, ainda que esses produtos sejam tentadores para aqueles que desejam eliminar o excesso de gordura corporal, eles costumam ser uma escolha pouco saudável.

Esse é uma dos grandes mitos que atrapalham seu emagrecimento. Afinal, esses itens com baixo teor de gordura contêm muito mais açúcar e sal adicionados do que seus equivalentes com gordura normal. 

Ou seja, eles não promovem o emagrecimento e podem ainda causar desequilíbrio na insulina e pressão arterial. 

Sabendo disso, a melhor decisão é renunciar a esses produtos e desfrutar de pequenas quantidades de alimentos realmente saudáveis (3, 4).

3 – Alimentos ricos em gordura não são saudáveis 

Gorduras que você deve evitar porque atrapalham seu emagrecimento.

Essa teoria apesar de antiquada e incorreta ainda é presente no pensamento de muita gente. 

E o resultado é que elas se privam de uma alimentação saudável e adotam práticas ruins devido a um dos mitos que atrapalham o emagrecimento. 

Mas a verdade é que a gordura dietética é essencial para uma saúde ótima.

Além disso, dietas com baixo teor de gordura são associadas a um maior risco de problemas de saúde, incluindo síndrome metabólica e podem levar a um aumento na resistência à insulina e nos níveis de triglicerídeos, que são fatores de risco conhecidos para doenças cardíacas (5, 6).

De maneira geral, a alimentação com alto teor de gordura saudável é muito mais eficaz do que as dietas com baixo teor de gordura quando se trata de incentivar a perda de peso (7, 8).

É claro que extremos em qualquer direção, seja uma dieta com baixo teor de gordura ou muito rica em gordura, podem prejudicar sua saúde.

Mas, quando se trata de emagrecimento precisamos considerar o hormônio insulina. Para lidar com a resistência à insulina e transferir o corpo para um estado de queima de gordura, é necessário que a gordura seja incluída na dieta. 

A gordura

As gorduras boas não atrapalham seu emagrecimento.
As gorduras boas não atrapalham seu emagrecimento.

A gordura é necessária para a saúde geral. Mas, principalmente porque ela não ativa a insulina da mesma forma que os carboidratos, glicose ou açúcar. 

Ou seja, sem gordura, o corpo continuará a usar carboidratos como combustível e nunca “girará o botão” para converter a gordura armazenada de volta em energia, então nunca terá a oportunidade de queimar gordura corporal.

Além desse papel fundamental em não ativar a insulina da mesma forma que os carboidratos, a gordura ajuda a controlar nossos sinais de fome. Ou seja, ela te mantém saciado por mais tempo. 

Como a gordura é muito densa em energia, ou seja, muita energia em uma colher pequena, ela ajuda a nos manter mais cheios por longos períodos de tempo.

Isso acontece porque a gordura administra nossa leptina e grelina, que são os porteiros de nosso apetite.

Ao adicionar mais gordura à sua dieta, você também pode passar mais tempo entre as refeições. Ou seja, aumenta a perda de peso, pois você força seu corpo a usar gordura como combustível durante esses períodos. 

Ao comer refeições ricas em gordura e moderadas em carboidratos, você é capaz de “virar a chave” do uso de carboidratos como combustível para gordura como combustível mais rapidamente, o que o mantém em um estado de queima de gordura por longos períodos de tempo.

Mas, não estou falando sobre comer um saco de batatas. Esses efeitos são possíveis com o consumo de gorduras saudáveis. Peixes, carnes, sementes, óleo de coco e abacate, por exemplo.

4 – Todo carboidratos faz você ganhar peso 

Assim como a gordura foi responsabilizada por promover ganho de peso e doenças cardíacas, os carboidratos foram rejeitados por muitas pessoas por temor de que o consumo deste macronutriente cause obesidade, diabetes e outros efeitos adversos à saúde.

Na realidade, comer uma quantidade moderada de carboidratos nutritivos com alto teor de fibras, vitaminas e minerais não prejudica.

No entanto, alimentos ricos em carboidratos como bolos, biscoitos, macarrão, pizza, salgados e bebidas adoçadas devem ser restritos. Afinal, esses alimentos aumentam o ganho de peso e o risco de doenças quando consumidos em excesso.

Os mitos que atrapalham seu emagrecimento em relação aos carboidratos é justamente tentar manter uma alimentação low carb por muito tempo. 

Além de ser mais difícil, pode prejudicar o emagrecimento. Não é todo carboidrato que faz você ganhar peso.

Aliás, os padrões alimentares que contêm uma mistura equilibrada de carboidratos ricos em fibras gorduras saudáveis ​​e proteínas ajudam a diminuir o risco reduzido de obesidade (9, 10).

Como você pode ver, a qualidade dos alimentos é o principal indicador de risco de doenças (11).

5 – O café da manhã é a refeição mais importante do dia 

Se você quer emagrecer, pule o café da manhã. Embora se pensasse que tomar o café da manhã era um dos fatores mais importantes na preparação para um dia saudável, a pesquisa mostrou que esse pode não ser o caso para a maioria dos adultos (12).

Pular ao café da manhã, por exemplo, pode resultar na redução da ingestão de calorias (13).

Além disso, o jejum intermitente está associado a benefícios como melhor controle de açúcar no sangue e reduções nos marcadores inflamatórios (14, 15).

No entanto, o jejum intermitente também pode ser realizado consumindo um café da manhã regular e depois fazendo sua última refeição no início da noite para manter uma janela de jejum de 14–16 horas.

Lembrando que isso não se aplica a crianças e adolescentes em crescimento. Ou a pessoas com maiores necessidades de nutrientes, como gestantes e pessoas com certas condições de saúde, por exemplo (16).

De maneira geral, o jejum:

  • Reduz os níveis de insulina, o que torna mais fácil para o corpo usar a gordura armazenada.
  • Reduz o açúcar no sangue, a pressão arterial e os níveis de inflamação.
  • Muda a expressão de certos genes, o que ajuda o corpo a se proteger de doenças, além de promover a longevidade.
  • Aumenta drasticamente o hormônio do crescimento humano, ou HGH, que ajuda o corpo a utilizar a gordura corporal e aumentar os músculos.
  • O corpo ativa um processo de cura que os médicos chamam de autofagia, ou seja, digere ou recicla componentes celulares velhos ou danificados.

6 – Você precisa comer refeições pequenas e frequentes para uma saúde ótima

Comer refeições pequenas e frequentes ao longo do dia é um hábito comum para aumentar o metabolismo e a perda de peso.

Mas, quando o corpo é alimentado a cada 2,3 horas, ele queima combustível dessas refeições, em vez de estoque de gordura. Além disso, pequenas refeições ao longo dia tendem a ter mais açúcar e menos micronutrientes. 

E o açúcar é uma refeição com queima e energia rápidas que deixa você com fome em pouco tempo. 

Ao se alimentar a cada 2 ou 3 horas você não encoraja o corpo a queimar as reservas de gordura para obter energia (17). 

Ou seja, comer de três em três horas é um dos grandes mitos que atrapalham seu emagrecimento e prejudicam sua saúde.

Se você deseja perder peso e manter a saúde, assista a a este vídeo

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

🔴 Curta também as redes sociais! 📷Instagram / 👍Facebook / 🎥 YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : dr. juliano pimentelemagreceremagrecimentomitosperder peso

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta

7 saúdes com Dr. Juliano Pimentel