close
Alimentação

Alimentos que Devem ser Evitados na Gravidez Para ter Saúde

É muito importante comer corretamente durante a gravidez. A alimentação correta aliada á consulta médica regular, são formas de manter em dia a saúde do bebê e da mãe. É essencial ela consumir alimentos que ajudem a cuidar do desenvolvimento e manutenção do organismo do feto. E existem alimentos que devem ser evitados na gravidez, e alguns deles não deveriam nunca entrar na dieta da mamãe.

Existem estudos clínicos que comprovam essa teoria e por isso: se você não está saudável durante a gravidez, por não comer os alimentos certos ou por estar desnutrida, pode ser perigoso para você e para o feto.

A má alimentação é uma forma de aumentar os riscos de câncer, obesidade, diabetes, síndrome dos ovários policísticos, e até doença cardíaca.

Nesse artigo apresentarei os principais alimentos que devem ser evitados na gravidez.
Não deixe de ler e compartilhar!

Alimentos que Devem ser Evitados na Gravidez

Alimentos que Devem ser Evitados na Gravidez: Fast Food. Imagem: (Divulgação)

O que você está comendo durante sua gravidez, e antes e depois, é essencial para a sua saúde e para a saúde do seu filho.

Pesquisas apontam que a alimentação é tão importante que pode prevenir o parto prematuro. (1)

Manter uma quantidade equilibrada de probióticos no organismo durante a gravidez; o risco de desenvolver obesidade cai drasticamente.

A quantidade de bactérias ruins desequilibradas no corpo, aumenta as chances da criança desenvolver a obesidade no futuro. (2)

O que você come é transmitido ao seu filho, por isso é de vital importância que você coma corretamente.

Alimentos que devem ser evitados na gravidez.

Veja a seguir: (3)

1- Carne Mal Passada

A carne mal passada  ou crua deve ser evitada durante a gravidez.

Devem ser evitadas devido ao risco de contaminação com bactérias coliformes, toxoplasmose e salmonela.

2- Linguiças e embutidos

Alimentos que devem ser evitados na Gravidez: Evite Linguiça e Embutidos. Imagem: (Divulgação)

As linguiças embutidas e salsichas podem contaminar com listeria, que pode causar aborto espontâneo.

Listeria tem a capacidade de atravessar a placenta e pode infectar o bebê; o que pode levar a infecção ou envenenamento no sangue e ser fatal.

Se você está grávida e está pensando em comer carnes frescas, evite as linguiças embutidas e salsichas. Porém, esse tipo de alimento é prejudicial em qualquer situação.

3- Sushi

Alimentos que devem ser evitados na gravidez: Sushi. Imagem: (Divulgação)

Os peixes que contenham altos níveis de mercúrio devem ser evitados.

O mercúrio pode prejudicar o desenvolvimento fetal e danos cerebrais, pois é transferido da mãe para o filho durante a gestação.

Certos tipos de peixes utilizados em sushi, também devem ser evitados como: cação, arenque, tainha, cavala, garoupa, pescada branca e tucunaré.

O atum enlatado, geralmente tem uma quantidade menor de mercúrio que outros atuns, mas possui conservantes.

Por isso, além de evitar sushi certifique-se de evitar determinados tipos de peixes.

Você pode optar por substitutos dos peixes, como nessa receita de sushi vegano Low carb de couve-flor (4).

3- Frutos do mar defumados

Marisco defumado deve ser evitado, bem como os frutos do mar refrigerados e defumados, porque podem ser contaminados com listeria.

(Estes são seguros para comer quando são cozidos)

4- Mariscos crus

A maioria das doenças transmitidas por frutos do mar é causada por mariscos pouco cozidos, que incluem ostras, amêijoas e mexilhões.

Cozinhar ajuda a prevenir alguns tipos de infecções, mas não previne as infecções por algas associadas à Maré Vermelha.

Os mariscos crus devem ser evitados durante e após a gravidez.

5- Ovos crus

Os ovos crus ou quaisquer alimentos que contenham ovos crus, devem ser evitados devido à exposição potencial a salmonelas.

Eles precisam ser evitados na gravidez, porém, o perigo continua mesmo que você não esteja grávida.

Alguns molhos caseiros Ceasar, maionese, sorvete caseiro ou creme de leite e molhos holandeses podem ser feitos com ovos crus.

Se a receita for cozida em algum ponto, isso reduzirá a exposição a salmonelas.

Os sorvetes vendidos comercialmente são feitos com ovos pasteurizados, e não aumentam o risco de salmonela.

Os restaurantes devem usar ovos pasteurizados em qualquer receita elaborada com ovos crus, como molho ou molhos holandeses.

6- Queijos crus e importados

Os queijos crus importados podem conter listeria.

Você precisaria evitar queijos macios, como brie, Camembert, Roquefort, feta, Gorgonzola e queijos de estilo mexicano que incluem o queso blanco e queso fresco.

Prefira os queijos feitos de kefir.

7- Leite não Pasteurizado

O leite não pasteurizado pode conter listeria. Certifique-se de que qualquer leite que você beba seja pasteurizado.

É imprescindível evitar leite cru durante a gravidez, principalmente se não conhecer a procedência do mesmo.

Dê preferência aos leites vegetais ou feito de kefir.

8-Cafeína

Embora a maioria dos estudos mostre que a ingestão de cafeína com moderação é permitida, há outros que mostram que a ingestão de cafeína pode estar relacionada a abortos espontâneos.
Por isso, evite a cafeína durante o primeiro trimestre para reduzir a probabilidade de um aborto espontâneo.

Como regra geral, a cafeína deve ser limitada a menos de 200 mg por dia durante a gravidez.

A cafeína é um diurético que ajuda a eliminar fluidos do corpo e resultar em perda de água e cálcio. É importante que você esteja tomando muita água, água de coco e suco natural ao invés de bebidas com cafeína.

Grandes quantidades de cafeína estão associadas a aborto espontâneo, nascimento prematuro, baixo peso ao nascer e sintomas de abstinência em lactentes. Portanto, o mais seguro é abster-se de consumir cafeína.

9- Álcool

Alimentos que devem ser evitados na gravidez: Álcool. Imagem: (Divulgação)

Não existe uma quantidade de álcool seguro durante a gravidez e, portanto, o álcool  deve ser evitado.

A exposição pré-natal ao álcool pode interferir com o desenvolvimento saudável do bebê.

Dependendo da quantidade, tempo e padrão de uso, o consumo de álcool durante a gravidez pode levar à síndrome do álcool fetal ou outros distúrbios do desenvolvimento.

Se você consumiu álcool antes de saber que estava grávida, pare de beber agora.

Você deve continuar a evitar o álcool durante a amamentação. A exposição do álcool a uma criança apresenta riscos prejudiciais e o álcool atinge o bebê durante a amamentação.

10-Vegetais mal lavados

Os vegetais não lavados devem ser evitados durante a gravidez. Os vegetais são seguros e uma parte necessária de uma dieta equilibrada.

No entanto, é essencial garantir que eles sejam lavados para evitar uma potencial exposição à toxoplasmose.

A toxoplasmose pode contaminar o solo onde os vegetais foram cultivados.

12-Fast Food

Um tipo de alimento que é prejudicial na gravidez, e também depois dela, são as comidas do fast food.

Na realidade os alimentos de fast food, não fazem bem para nenhuma pessoa; mas em especial as grávidas devem evitar esse tipo de alimento, refrigerantes, hamburgueres, batata frita entre outros.

São alimentos com baixo ou nenhum teor nutricional, mas que são ricos em açúcares adicionados, sódio, conservantes e outros agentes noviços para a saúde da mãe e a do feto.

Deve-se levar em consideração que o bebê está em formação do sistema muscular, neurológico, ósseo, por exemplo e para isso precisa de nutrientes adequados para auxiliar na construção e manutenção desses tecidos.

Aquilo que a mãe consume durante a gravidez vai influenciar na saúde do feto, durante e após o nascimento. Que saber mais? Veja o meu artigo Alimentação na Gravidez

Essa também é uma forma consciente de evitar futuros problemas de saúde nos bebês.

Mas mesmo que você consuma de vez em quando alguns alimentos naturais, isso não é bastante para garantir a boa saúde.

Evite os alimentos industrializados e processados, durante e após a gravidez.

E pensando nisso, eu trago a revolução da saúde, um projeto que pretende mudar a cara da alimentação e da saúde de todos!

Eu desenvolvi um e-book para ajudar você a fazer essa transformação, com todas as informações que você precisa e um guia passo a passo para implementar na sua vida, inclusive para as novas mamães.

Tenha Acesso Aos Bônus Exclusivos.

Quer saber como conseguir? Então clique na imagem abaixo e adquira agora o meu livro digital:

VIVA MELHOR SEM GLÚTEN V 2.0

Ebook Viva Sem Glúten, Dr. Juliano Pimentel

Abraços e fique com Deus!
Dr. Juliano Pimentel

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : aborto espontâneoalimentação corretaalimentos industrializadosAlimentos que Devem ser Evitados na Gravidezamêijoasbactérias ruinscarne cruadesenvolvimento fetaldr. juliano pimentelenvenenamento no sanguefast foodfestas de fim de anofetofilhofrutos do margravidezlisteriamamãeMarisco defumadona gravidezobesidadeostraspeixesplacentaprevenir o parto prematuroprobióticossalmonelasalsichassaúdesaúde do bebêsushisushi vegano Low carbteor nutricionaltoxoplasmose

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta