https://casinoonlineca.ca/internet-casinos/best-payout/
close
Artigos

O seu alimento te nutre ou te adoece? Comer para viver.

O objetivo de todo alimento quando passa por sua boca deveria ser nutrir seu corpo. Hoje, porém, comer para viver vai além do nutritivo.

É comum as pessoas condicionarem alguns alimentos ao seu bem estar e geralmente esses alimentos não são os melhores para a nutrição.

A prática do docinho depois do almoço, por exemplo, é uma condição que não nutre, porém, gera bem estar em quem faz.

Agora o que precisa ser considerado é o contexto.

Se essa é uma pessoa saudável que se move, se alimenta bem, está com os níveis de estresse sob controle, tem uma boa noite de sono e come um docinho depois do almoço.

Ou se é uma pessoa que está inflamada, acima do peso, com problemas de saúde, sem energia, não dorme direito e come o docinho.

Percebe a diferença?

Comer para viver

Comer para viver | Juliano Pimentel
Relação com a comida: comer para viver.

Comer para  viver consiste em compreender o que deve ser ou não ingerido. Quando você tem o hábito do jejum, por exemplo, é também parte desse processo de busca pela vida mais saudável. 

Se você deseja ser mais saudável, faça o exercício de observar seus hábitos para entender o que você faz por condição. Como o exemplo do docinho depois do almoço.

Talvez a sua condição seja um lanche toda sexta-feira, ou comer algo específico e não saudável sempre que estiver estressado. 

Enfim, busque em sua rotina suas condições não saudáveis e comece por elas. Racionalize essa condição e comece a retirar isso do seu dia a dia.

Além disso, é interessante que você olhe para a comida com o valor nutritivo que ela tem para seu corpo, mente e espírito.

Comer um docinho te deixa feliz, beleza? Mas quanto de docinho você come? Existe outra maneira de ficar feliz sem ser com o docinho? Provavelmente sim, mas você está acostumada com esse hábito, então tem dificuldades para substituir o hábito. 

Mudar sua relação com a comida

A maneira como se relaciona com a comida hoje foi construída durante todos seus anos de vida. Por isso, a mudança não será do dia para noite, também é um processo.

Mas, um fato é, você precisa se relacionar melhor com o alimento, essa é a base do comer para viver.

Você pode comer para ficar feliz, mas o objetivo é comer para viver. E isso tem a ver com como você lida com cada mínimo grão que passa por sua boca. E acredite, esse processo começa pela sua mente. 

Manter sua mente afiada é uma parte importante de adotar uma abordagem de corpo inteiro para sua saúde. 

Um cérebro saudável é essencial para que nossos corpos funcionem com eficiência, portanto, exercitar regularmente seu cérebro precisa fazer parte de seu estilo de vida saudável!

Além de jogar quebra-cabeças e jogos, aprender novas habilidades, ler e meditar, praticar hábitos alimentares conscientes é uma ótima maneira de exercitar seu cérebro enquanto o nutre com alimentos saudáveis! 

Práticas para comer consciente

Aqui estão alguns truques de alimentação consciente que você pode adicionar à sua rotina de alimentação saudável:

  • Faça perguntas conscientes enquanto come – Enquanto desfruta de uma refeição, tente fazer a si mesmo algumas perguntas conscientes para aumentar sua consciência da maneira como está comendo. Por exemplo: O que estou comendo? Com quem estou comendo? Quanto estou comendo?
  • Coma devagar – Simplesmente tente comer suas refeições um pouco mais devagar para que você possa se concentrar no que está comendo. Isso também o ajudará a reconhecer seus sinais de fome para saber se precisa comer mais ou se está se sentindo satisfeito.
  • Elimine as distrações – Quando nos concentramos em qualquer coisa, menos na comida que estamos comendo, reduzimos a capacidade do nosso cérebro de se conectar verdadeiramente com o que e quanto comemos. A melhor maneira de eliminar distrações durante as refeições é fazer uma regra de ‘sem telefones na mesa de jantar’ e evitar comer na frente da TV.

Manter nosso corpo saudável é mais do que apenas comer os alimentos certos (embora isso desempenhe um papel importante) – é também manter nosso bem-estar físico, emocional e mental adotando hábitos saudáveis. 

Tudo o que fazemos tem influência em nossa saúde geral, por isso precisamos adotar uma abordagem holística para nutrir nossos corpos se quisermos fazer certo! 

Dos dias 04 a 07 de julho, farei um evento ao vivo e gratuito contando exatamente o que a Carol, minha esposa, fez para eliminar 43kg e conquistar um corpo mais saudável. 

>> Para participar desse evento gratuito, toque aqui, e inscreva-se. 

Abraços e fique com Deus!

Dr. Juliano Pimentel.

Curta também as redes sociais! Instagram / Facebook / YouTube

O Que Achou do Artigo? Deixe Sua Opinião Abaixo:
Tags : alimentaçãocomer para vivercomida

Autor Dr. Juliano Pimentel

Olá, eu sou o doutor Juliano Pimentel. Médico, fisioterapeuta e coach que ajuda as pessoas com conteúdos sobre saúde, alimentação e emagrecimento. Também sou celíaco e tenho uma vida de pesquisa sobre o Glúten.

Enviar Resposta